Psicofobia: Preconceito contra pessoas com transtornos mentais prejudica tratamento

Publicado por :Carla Letícia - carla@adororevista.com.br
14/8/2019

Dr. Alexandre Rizkalla, psiquiatra, esclarece dúvidas sobre o assunto polêmico

 

(Foto: Divulgação/Internet)

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que aproximadamente 20 milhões de brasileiros sofrem com algum transtorno ou doença mental, enfrentando diariamente diversas dificuldades e obstáculos por conta da patologia e  tratamento. Um fator que se tornou bastante prejudicial aos pacientes ao longo dos anos, contudo, ainda não tem o nome muito conhecido, apesar de extremamente presente no dia a dia dos mesmos: a psicofobia.

O Dr. Alexandre Rizkalla, médico psiquiatra responsável pela Clínica Equilíbrio, em Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, defende a importância do conhecimento sobre a psicofobia, que é o preconceito contra as pessoas que possuem transtornos e deficiências mentais.

Fator prejudicial

Ainda de acordo com o médico, o termo define a discriminação sofrida por pessoas com transtornos ou deficiências mentais, sendo o sufixo fobia utilizado no sentido de atitudes negativas ou preconceituosas contra esses pacientes. Essas são atitudes que acabam prejudicando de forma crucial o tratamento e assistência aos pacientes, que podem se sentir julgados ou não acolhidos por conta de sua doença.

A psicofobia também pode gerar negligência em relação aos cuidados com o doente e criar conceitos errôneos e sem embasamento clínico, como superstições e teorias, que podem agravar o quadro do paciente.

Para que essa situação não aconteça, é importante que a sociedade tenha um maior conhecimento sobre as doenças e transtornos mentais mais comuns, para que não sejam disseminadas informações equivocadas e gerado o tão prejudicial preconceito.

Dr. Alexandre Rizkalla atende na Clínica Equilíbrio (Foto: Karla Kimura/Revista Adoro)

Com sede em Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, a Clínica Equilíbrio conta com uma estrutura adequada e profissionais quaificados no tratamento de pessoas que sofrem com transtornos mentais, atendento adultos, idosos e crianças com comprometimento e cidadania.

 

Luis Eduardo Magalhães                                         Barreiras

Rua Castro Alves, nº 1666, Centro                       Rua 26 de Maio, nº 533, Centro

(77) 3628 6453                                                             (77) 3611 0789