Equilíbrio do Ser: Comece a viver!

Publicado por :Carla Letícia - carla@adororevista.com.br
31/5/2019

Por Renilson Freitas 

Eu estou vivendo ou sobrevivendo? Você já parou alguma fez para refletir sobre isso? Esse foi o tema que naturalmente surgiu em uma das sessões de meditação que facilito no Projeto Idade Viva. Confesso que ver a imensa maioria dos idosos com o olhar perdido ao serem indagados sobre como escolheram viver a vida me fez questionar muitas das escolhas que venho fazendo atualmente.

Muitos passam a vida buscando ter uma estabilidade financeira, adquirir conforto, oferecer o melhor em educação para os filhos e esquecem que a verdadeira felicidade da vida não está em atingir essas conquistas. É a própria caminhada, com seus altos e baixos, que dá sentido à vida e nos ensina a perceber que tudo faz parte da experiência, e ter gratidão por tudo que vivenciamos (bom ou ruim) nos conduz ao estado permanente de paz e felicidade.

 

Você está vivendo ou apenas sobrevivendo? (Foto: Divulgação)

 

Muitos estão com medo da morte. Querem prolongar a vida ao máximo. Mas para que se na verdade não estão vivendo? Sobrevivem para trabalhar e pagar as contas, comer, dormir e acordar para conseguir mais dinheiro para as contas. Quantos de nós estão se encantando com a beleza do sol ao se pôr? Ou percebendo a exuberância do céu estrelado? Quantos estão percebendo o esforço que o filho faz para receber um olhar de atenção? Quantos estão ousando viver?

Se queremos mais tempo de vida precisamos dar valor ao tempo. Destine um tempo do seu dia para você. Aqueles que já partiram sabem a importância desses momentos e acredito que, se pudessem voltar, perderiam menos tempo nos jogos do celular, em discussões partidárias, cuidariam mais da saúde, passariam mais tempo com a família, se preocupariam menos com as contas e, provavelmente, comprariam menos para trabalharem o necessário.

Você já parou para pensar que ao comprar você está pagando com o seu tempo? Para termos uma noção do que isso representa, em 2018 o brasileiro ganhou, em média, R$ 9,00/hora de trabalho, ou seja, teve que trabalhar cerca de 20 horas para comprar uma camisa de marca. Agora pense na quantidade de coisas que você comprou sem necessidade e quanto tempo poderia ser aproveitado em momentos de lazer e de estar com a família, mas que não foram bem aproveitados.

Chegou o momento de você dizer sim para a vida. Ela á um bonde em movimento. Agarre-a com todas as forças pois ela é o seu bem mais precioso. Trabalhe menos, viaje mais, coma alimentos mais saudáveis (plante em casa o máximo de alimentos que conseguir), pratique atividade física, dance, corra, dê risada dos seus erros, seja leve, deseje bom dia às pessoas, beba mais água, ame-se mais, sorria!!

Lógico que nem todos os dias isso será possível, afinal de contas os problemas acontecem. Às vezes a dor vai aparecer e você vai chorar, e faça isso. Ser forte não é esconder os sentimentos, mas olhá-los nos olhos. Grite, chore, peça o colo da mãe, sinta raiva e olhe para tudo isso sabendo que vai passar. Assim você vai voltar para o parágrafo anterior, seguindo o movimento da vida. Você quis subir nessa montanha russa, aproveite!

Amor e luz!