Abate de bovinos na Bahia tem melhor 1º trimestre em 10 anos

O abate de bovinos na Bahia atingiu a melhor marca no 1º trimestre de 2024 em 10 anos. Uma alta de 22,0% frente ao 1º trimestre do ano passado (263.959 cabeças). Nesse período de 2024, foram abatidas 322.043 cabeças de bovinos na Bahia, no entanto, o estado registrou queda de 6,9% frente ao 4º trimestre de 2023 (346.084 cabeças).

Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta quinta-feira (6).

A quantidade de bovinos abatidos na Bahia, entre janeiro e março, foi a maior para o período em 10 anos, desde o 1º trimestre de 2014 (335.606 cabeças).

No Brasil, no 1º trimestre de 2024, foram abatidas 9,302 milhões de cabeças de bovinos sob algum tipo inspeção sanitária.

O número foi recorde na série histórica do IBGE, iniciada em 1997, sendo 1,6% superior ao do trimestre imediatamente anterior (9,159 milhões) e 24,6% maior do que o do 1º trimestre de 2023 (7,467 milhões).

A Bahia é o 11º maior produtor de carne bovina do país, com 3,5% do abate nacional. Mato Grosso continua liderando, com 18,3% de participação no 1º trimestre de 2024.

Informações do Canal Rural
Foto: Allfoto

  • Compartilhe: