Pepsi perde lugar para Dr Pepper no ranking de refrigerantes mais vendidos nos EUA

Com a coca-cola ainda liderando o rakking de refrigerantes mais vendidos no mundo, o segundo lugar, que há muito tempo era ocupado pela Pepsi, agora pertence à Dr Pepper.

Depois de anos ganhando lentamente participação de mercado, a Dr Pepper avançou à frente da Pepsi como a segunda marca de refrigerantes dos EUA em 2023, de acordo com dados de participação de mercado da Beverage Digest, uma publicação comercial.

No ano passado, a marca conquistou 19,2% do mercado de refrigerantes nos Estados Unidos em volume, mostram os dados da Beverage Digest. Dr Pepper e Pepsi tiveram ambas 8,3%, com a Dr Pepper tecnicamente à frente. Depois vieram outras marcas da Coca-Cola: Sprite ficou com 8,1% e Diet Coke com 7,8%.

Embora “a Dr Pepper esteja ganhando, [a Pepsi] está em declínio e eles estão se encontrando no meio”, disse Duane Stanford, editor da Beverage Digest.

Ao longo dos anos, o refrigerante apimentado – com a sua alegada mistura de 23 sabores – tem crescido em popularidade, assumindo a sua identidade como uma alternativa picante à coca e tirando partido de tendências mais amplas.

Fundada em 1885 em Waco, Texas, a Dr Pepper precedeu a Coca-Cola e a Pepsi.BE enquanto os dois gigantes da coca lutavam no século 20, a Dr Pepper estabeleceu um pequeno, mas dedicado, séquito no sul dos Estados Unidos.

Durante anos um favorito regional, o Dr Pepper na década de 1970 se comercializou para o público nacional como um sabor único. Com o passar dos anos, ganhou força junto ao público nacional. Hoje, a Dr Pepper está experimentando novos sabores.

A marca lançou o Dr Pepper Strawberries & Cream no ano passado. A adição foi “um grande sucesso”, disse Timothy Cofer, CEO da Keurig Dr Pepper, empresa controladora da Dr Pepper, durante uma ligação com analistas em abril.

A marca também lançou sabores da moda por tempo limitado, como Dr Pepper Creamy Coconut, inspirado na tendência de refrigerantes sujos da TikTok (mistura de refrigerante com leite ou creme e outros sabores).

Mas a marca não precisa fazer muito para estar na moda. Itens “swicy”, ou doces e picantes, estão tomando conta do corredor de alimentos e bebidas. Até a Coca-Cola quer entrar: a empresa lançou em fevereiro a Coca-Cola Spiced, uma rara adição permanente à linha de sabores da Coca-Cola.NA Pepsi, por outro lado, pode ter estado demasiado focada nas suas outras marcas.

Ao contrário da Coca-Cola e da Keurig Dr Pepper, a Pepsico tem um enorme negócio alimentar – o seu extenso portfólio inclui Quaker, Frito-Lay e muito mais. E quando se trata de bebidas, observou Stanford, ela parece estar focada em suas linhas sem açúcar, em vez da clássica Pepsi. “Eles estão liderando isso agora”, disse Stanford

Com informações da CNN
Foto: Divulgação

  • Compartilhe: