Filhos de Michael Jackson são impedidos de acessar herança

Os herdeiros do astro pop Michael Jackson (1958-2009) foram impedidos pela receita norte-americana de ter acesso aos bens e receber o dinheiro administrado por um fundo deixado pelo cantor. O motivo é um processo para calcular o verdadeiro valor do patrimônio e definir quais impostos ainda precisam ser pagos.

A informação foi relevada a partir de documentos judiciais obtidos pela revista norte-americana People. Uma auditoria fiscal concluiu que os administradores subdmensionaram o valor real do espólio de Jackson e que seria preciso arcar com US$ 700 milhões – cerca de R$ 3 bilhões – em impostos e multa que não foram pagos, indica a ação.

Em 2021, os administradores do fundo de herança de Michael contestaram a cobrança e venceram na Justiça. A corte, então, pediu um novo cálculo para saber o quão valioso são os catálogos musicais e o patrimônio de Jackson. Até agora, porém, o valor não foi apresentado.

Na prática, isso significa que Prince, de 27 anos, Paris, de 26, e Bigi Jackson, de 22, herdeiros do cantor Michael Jackson, e Katherine, de 94 anos, mãe do Rei do Pop, estão impedidos pela Justiça de receber um centavo da herança até ser definido o valor dos tributos a pagar. A decisão foi dada na terça, 28.

Michael Jackson morreu em junho de 2009, aos 50 anos, vítima de uma parada cardíaca após ingerir anestésicos. Em fevereiro, a Sony comprou metade do catálogo musical do artista por US$ 1,2 bilhão.

Informações de Correio
Foto: ALAN CHAPMAN/DAVE BENETT/GETTY

  • Compartilhe: