SAIU NA ADORO: Engenheiro de Barreiras viaja pelo mundo desenvolvendo normativa técnica de construções inteligentes

@reinaldolmeid

O Engenheiro Msc. Reinaldo Almeida acaba de chegar dos EUA com muitas inovações para construção civil. O pesquisador está desenvolvendo uma normativa técnica para construções inteligentes. Trata-se do projeto de sua tese de Doutorado em Tecnologia na linha de pesquisa de Ambientes na Universidade da Região de Chapecó.

Normativa técnica é um documento que norteia profissionais a executarem determinada atividade de maneira eficiente, técnica e segura, atualmente a ABNT é a entidade responsável por construir NBRs no Brasil. “Para mim é um grande desafio construir um documento tão valioso para nosso país”, afirma Reinaldo Almeida.

“O Brasil ostenta construções de alta performance, colocando-nos no patamar para sermos líderes em edificações inteligentes. Durante minhas visitas a outros países, ficou evidente o potencial dos nossos profissionais. Não há dúvidas de que temos o que é necessário para nos destacarmos nessa área. Acredito firmemente no talento dos nossos engenheiros e no potencial das nossas edificações”, relata Reinaldo Almeida.

O projeto de tese de Doutorado se destaca como uma base orientadora primordial para a produção de projetos de construções inteligentes, mas também como um guia essencial para os profissionais da construção civil, orientando-os a seguir padrões testados e referenciados. Esta normativa conta com a contribuição de diversos profissionais de diferentes áreas, como Engenharia Eletrônica, da Computação, Elétrica, Civil, e de diversas nacionalidades. Isso garante uma abordagem multidisciplinar que não apenas valida o documento, mas também o posiciona como o primeiro de sua magnitude a ser desenvolvido no país, tornando-se um guia de referência para a implementação em todo o mundo.

Além disso, no campo da educação, este projeto desempenha um papel significativo ao fomentar o desenvolvimento de novos conhecimentos pedagógicos e influenciar a formulação das propostas curriculares dos cursos de Engenharia e Tecnologia. “Temos muito orgulho de carregar juntos a Bandeira do Brasil nessa pesquisa”, finaliza Reinaldo.

Fotos: Erisney Ribeiro

  • Compartilhe: