SAIU NA ADORO: Crédito Rural: O caminho para o sucesso no campo

@planejaragronegocio

No universo da agricultura, cada decisão é uma aposta no futuro, onde a colheita é tanto o resultado do trabalho árduo quanto das escolhas estratégicas. E entre essas escolhas, uma das mais cruciais é a avaliação do crédito rural, uma ferramenta essencial para impulsionar o crescimento das empresas rurais.

Lucélia Dourado, sócia-diretora da Planejar Agronegócios, explica que o primeiro passo para um agricultor que está pronto para expandir seus horizontes é compreender suas reais necessidades. É preciso estar atento ao tempo para aprovação, taxas de juros e prazo para pagamento, que são os três pilares a considerar. “A partir daí conseguimos avaliar as melhores condições para atender essa demanda. Nem sempre os juros mais baratos serão a melhor opção, por exemplo”, afirma.

A empresária explica que o crédito rural não é apenas uma ferramenta financeira, é a chave para desbloquear todo o potencial de uma empresa agrícola. “Através dele, os produtores conseguem, por exemplo, implementar tecnologias e modernizar seus processos de produção, o que resulta em maior produtividade e redução de custos. Também é possível melhorar suas estruturas de armazenamento e beneficiamento, o que possibilita ao produtor comercializar nos melhores momentos, resultando em fortalecimento do caixa”, ressalta.

Entretanto, como em qualquer jornada, há riscos a enfrentar. A captação do crédito de forma impulsiva pode ser um grande risco. É exatamente aí que a Planejar se diferencia das demais empresas, como afirma Márcio Oliveira, sócio-diretor da empresa: “Nós ajudamos o produtor a entender sua real necessidade para, a partir daí, escolher o modelo que melhor se encaixa. Às vezes o ponto de atenção estará mais direcionado ao prazo de pagamento, em outras situações, o foco deverá estar nos juros. Enfim, não existe dinheiro caro ou barato, isso é relativo e depende da necessidade de cada produtor naquele momento”.

Caixa forte, empresa forte

Uma empresa pode não ter dívidas, mas se não tiver um fluxo de caixa saudável e não conseguir honrar seus compromissos está fadada ao fracasso. “Então, muitas vezes, é melhor que o produtor faça uma captação de crédito rural, fortalecendo assim o seu caixa e, por consequência, passe a honrar seus compromissos de curto e longo prazos. Isso possibilitará que a fazenda continue com crédito no mercado e, mais importante que isso, o produtor conseguirá dormir à noite, pois seus compromissos serão honrados”, explica a empresária.

“A Planejar é parceira do produtor. Nossa função é promover bem-estar e tranquilidade, ao mesmo tempo que possibilitamos o crescimento e enriquecimento do negócio. Porque, afinal, o sucesso do produtor também é o nosso sucesso”, conclui Lucélia Dourado.

Fotos: Guilherme Augusto

  • Compartilhe: