Entidades agrícolas do oeste baiano mobilizam campanha em prol das vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul

Diante do cenário de devastação provocado pelas fortes chuvas na região do Rio Grande do Sul, a solidariedade emerge como um valor inestimável. Nesse contexto, a Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) une-se à iniciativa da Aprosoja (RS) e outras entidades agrícolas, como a Aprosoja Bahia, para promover uma campanha de arrecadação de recursos em prol das famílias desabrigadas e afetadas pela calamidade. Essa colaboração inter-regional evidencia a importância da empatia e da cooperação em momentos críticos, destacando o papel fundamental da comunidade agrícola no apoio aos necessitados.

Os recursos arrecadados serão revertidos para a compra de itens prioritários destinados às vítimas das enchentes que perderam moradias e seus pertences. “As enchentes no Rio Grande do Sul causaram muitas perdas, além dos prejuízos nos centros urbanos, também afetaram muitas áreas no campo, como 20% a 30% de lavouras de arroz a serem colhidas e áreas de soja com praticamente 50% ainda restando para colher. São prejuízos que dão para recuperar, claro, o que não dá para recuperar, infelizmente, são as muitas vidas perdidas. E o que custa caro é a reconstrução de moradias para inúmeras famílias desabrigadas”, avalia o presidente da Aprosoja (RS), diretor administrativo da Aprosoja Nacional e senador da República, Irineu Orth.

Orth também explica sobre a participação de produtores rurais na campanha. “Acordamos com os produtores rurais da Bahia que desejam colaborar, que podem fazer sua doação direto na conta da Aprosoja (RS) e os recursos serão encaminhados para aplicação via entidades ligadas ao campo, sejam associações, sindicatos e outros. Desde já, nossa gratidão em nome da Aprosoja RS e de todas as pessoas afetadas por essa catástrofe”, agradece, Orth.

“Em reunião da diretoria da Aiba, realizada no início desta semana, decidimos por unanimidade, apoiar a campanha Plantando Esperança da Aprosoja do Rio Grande do Sul para ajudar com a doação de recursos financeiros para os flagelados da catástrofe que afeta todo o estado”, reforça o presidente da Aiba, Odacil Ranzi.

A mobilização conjunta dessas entidades não só proporciona assistência imediata às vítimas das enchentes, mas também fortalece os laços de solidariedade entre as diferentes regiões do país. Ao unir esforços e recursos, os agricultores e irrigantes demonstram um compromisso firme com o bem-estar das comunidades afetadas, inspirando esperança e renovando a fé na capacidade de superação coletiva diante das adversidades naturais.

Informações da Aiba
Foto: Amanda Perebelli/ Reuters

  • Compartilhe: