Anvisa volta a proibir venda de álcool líquido em supermercados

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu que supermercados e outros estabelecimentos continuem com a venda de álcool líquido 70%. O órgão tinha disponibilizado até o dia 31 de dezembro de 2023, e principalmente, durante a pandemia de Covid-19, como forma de diminuir o contágio pelo vírus.

Desde dezembro, os estabelecimentos têm comercializado apenas os estoques permitidos pela RDC Nº 766, que deveriam ter sido encerrados desde o sábado, 29. A informação foi divulgada pelo blog Samanta Sallum, do jornal Correio Braziliense. As farmácias também não podem oferecer o produto. Está liberada apenas a versão em gel.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Queimaduras (SBQ) este é mais seguro, pois evita que seja derramada muitas quantidades, que podem causar queimaduras no corpo e acidente doméstico. As crianças são as principais vítimas nestes casos.

No entanto, ainda de acordo com o blog, a Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) informou que a proibição de venda afasta o consumidor do acesso a um produto de melhor custo-benefício.

Informações do A Tarde
Foto: Freepik

  • Compartilhe: