SAIU NA ADORO: Cuidando da Mente: Janeiro Branco e a Importância da Saúde Mental

Artigo

@drthiagoborges.psiq

Texto: Thiago Borges

O início de um novo ano é o momento ideal para refletirmos sobre nossos objetivos, mas também para lembrarmos da importância de cuidar da nossa saúde mental. Janeiro Branco, mês dedicado à conscientização sobre a saúde mental, nos convida a refletir sobre a relação entre nossa mente, corpo e hábitos diários.

Uma das principais mensagens que a campanha global, iniciada em 2014 no Brasil, traz, é a ligação inseparável entre o corpo e a mente. A prática regular de atividade física e a adoção de uma alimentação saudável não são apenas boas para o corpo, mas também para o bom funcionamento da mente.

Além disso, o Janeiro Branco nos lembra de prestar atenção aos primeiros sinais do sofrimento psíquico, que muitas vezes passam despercebidos. A insônia, alterações no apetite, sintomas de ansiedade, irritabilidade, dificuldade de concentração e memorização, bem como perda de funcionalidade no trabalho, são indícios de que algo pode estar errado.

Esses sinais são como alertas que nossa mente nos envia pedindo por ajuda e cuidado. É importante que tanto os indivíduos quanto seus familiares estejam atentos a esses sintomas, pois o diagnóstico precoce pode fazer toda a diferença no tratamento.

Ao identificar esses primeiros sinais, a primeira abordagem deve ser comportamental. Ajustar a rotina diária, incluir a prática de atividade física e buscar acompanhamento com um psicólogo são passos fundamentais. A psicoterapia é uma ferramenta valiosa para entender as causas do sofrimento e desenvolver estratégias para lidar com ele.

Quando a avaliação psiquiátrica é necessária

Em casos mais graves e persistentes, onde o paciente não apresenta melhora significativa, a avaliação psiquiátrica se torna essencial. É importante ressaltar que nem sempre o paciente precisará de medicação, e essa decisão deve ser tomada de forma cuidadosa e individualizada. Além disso, a psicoeducação desempenha um papel vital, pois ajuda a pessoa a entender melhor a sua condição e a maneira como pode lidar com ela.

Cuidar da mente é cuidar da vida

Janeiro Branco nos lembra que cuidar da mente não é apenas uma questão de tratamento, mas também de prevenção. Através da prática de atividade física, uma alimentação saudável e da atenção aos primeiros sinais de sofrimento psíquico, podemos construir uma vida mais equilibrada e plena. Portanto, em janeiro, e durante todo o ano, reforçamos a importância de cuidar da nossa saúde mental e daqueles que nos cercam.

Foto: Guilherme Augusto

  • Compartilhe: