AGRONEGÓCIO: Falta de chuva atrasa plantio da soja no oeste da Bahia

O plantio da soja para a safra 2023/24 segue atrasado no Oeste da Bahia. De acordo com o boletim semanal da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), o avanço da atividade que está em 81,5%, depende de aspectos climáticos, onde há regiões que ainda não foi possível concluir a operação.

Segundo a Aiba, o plantio da oleaginosa segue em operação lenta quando comparado com o mesmo período da safra anterior que registrava 93%.

A instituição prevê para a safra 2023/24, uma área planta de 2 milhões de hectares e uma produção de cerca de 8 milhões de toneladas.

As dificuldades estão lastreadas de acordo com as zonas de distribuição de precipitação
das microrregiões do Oeste da Bahia.

Até o momento, o mês de dezembro acumula uma média de 31 mm. A média histórica de acordo com o boletim é de 205 mm.

A associação também informou que a estiagem prolongada em determinadas regiões está preocupando os agricultores, onde o replantio já é realidade de muitos, devido à
má distribuição pluviométrica nos municípios oestinos.

Informações do Canal Rural
Foto: Reprodução

  • Compartilhe: