TEMPORAL: Chuva forte com granizo e ventania causam estragos no oeste baiano

Uma chuva forte acompanhada de ventania deixou prejuízos em Luís Eduardo Magalhães, cidade do oeste baiano, no início da noite de sexta-feira (1º). Segundo moradores, o fenômeno durou somente 20 minutos, tempo suficiente para causar problemas. Apesar disso, nao há registro de feridos, desabrigados, nem desalojados.

No bairro Boa Vista, parte do teto de um posto de combustível foi arrancado pelo vento e a estrutura de alumínio atingiu caminhões e carros estacionados. Alguns deles ficaram danificados. A mesma situação ocorreu em galpões de empresas, que ficaram descobertos.

Ainda no bairro Boa vista, casas foram destelhadas, tiveram muitos objetos quebrados, e um poste caiu em frente a uma igreja. [Veja foto abaixo] Não há detalhes se o equipamento já foi substituído.

Nos bairros Top Park e Vista Alegre, residências foram destelhadas e muros de casas desabaram. Outros pontos registaram falta de energia elétrica e quedas de árvores.

Poste caiu por causa da ventania em Luís Eduardo Magalhães — Foto: Redes sociais

Poste caiu por causa da ventania em Luís Eduardo Magalhães — Foto: Redes sociais

No bairro Santa Cruz, testemunhas relataram que choveu granizo nas imediações da antiga estação rodoviária. Há 10 dias, moradores de outra cidade da região oeste, Barra, também registraram o momento em que as pequenas pedras de gelo caíram.

A chuva de granizo acontece após dias consecutivos de altas temperaturas, exatamente como ocorreu na região oeste nos últimos dias.

Ao contrário do que muitos pensam, é normal uma tempestade vir com granizo e ventos fortes depois de um dia muito quente, segundo especialistas.

Entenda como se formam as chuvas de granizo

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, o índice pluviométrico registrado em Luís Eduardo Magalhães na sexta foi de 12mm, considerado volume moderado, e os ventos atingiram 30 km/h de velocidade, que são fortes.

Neste sábado (2), a velocidade dos ventos, em média, é de 12 km/h e as temperaturas chegam aos 40º. Não há previsão de chuvas no município. Entretanto, isso deve ocorrer nos próximos dias, pois o esperado para o mês de dezembro é de 180 mm de chuva.

Telhado de galpão foi destalhado por ventania no oeste baiano — Foto: Redes sociais

Telhado de galpão foi destalhado por ventania no oeste baiano — Foto: Redes sociais

Veja mais notícias do esta

  • Compartilhe: