AUTOMÓVEIS: Primeiro 100% elétrico da Ford chega ao Brasil

Chegou ao Brasil o Mustang Mach-E, o primeiro 100% elétrico da Ford no país. A marca trouxe a versão top de linha do modelo, o GT Performance. A chegada do carro já tinha sido anunciada, durante o Salão de Detroit, nos Estados Unidos, mas ainda faltava definir o preço do modelo no mercado brasileiro, além da estrutura para manutenção e recarga.

O modelo é fabricado no México, e nos Estados Unidos é um sucesso, com 28 mil unidades já emplacadas. No Brasil, entra para concorrer com alguns esportivos, como Audi e-tron, BMW i4, como também BMW iX3 e Volvo XC40.

Como é o primeiro modelo 100% elétrico da Ford em solo brasileiro, a marca precisou adaptar toda a rede para garantir o melhor serviço ao cliente, com 50 concessionárias especializadas na manutenção do elétrico. Caso o cliente leve a uma loja que não esteja nessa lista, o carro é levado pela marca até uma que esteja apta à manutenção. A garantia é de três anos, sendo de oito anos para motores e bateria.

A montadora firmou uma parceria com a maior rede privada de eletropostos do país, a EZVolt. Com isso, quem comprar um Mach-E vai ter acesso aos mais de 800 postos em 15 estados, com um voucher gratuito de uso por 12 meses, ou 950 kW.

Qual é a autonomia do Mustang Mach-E?

O Mach-E tem dois motores, com um autonomia de 541 quilômetros atestado pelo ciclo WLTP — convenção global de testes de carros elétricos. Pela avaliação do Inmetro — que costuma ser mais conservadora que as demais análises –, tem autonomia de 379 quilômetros, uma dos mais altas da categoria.

A Ford traz ao Brasil a versão mais potente do carro elétrico, com 487 cavalos e torque de 860 Nm. Ele faz de zero a 100 quilômetros por hora em 3,7 segundos, com velocidade máxima de 200 quilômetros por hora. O modelo tem tração nas quatro rodas.

Direção do Mustang Mach-E?

Um dos diferenciais do Mach-E é o sistema one pedal em que você pode esquecer o freio. Neste modo, basta tirar o pé do acelerador para o carro frear. O sistema de um pedal pode ser acionado nos três modos de direção: Whisper, Engage e Unbridle.

O Engage confere uma direção comum, do dia a dia, com menos consumo de bateria. Para quem quer uma pegada mais esportiva, o modo Unbridle é a melhor opção — há mais consumo de bateria nesse modo. Já o Whisper é para dias com condições adversas, como chuvas e pisos escorregadios.

Os apaixonados por Mustang podem sentir falta de barulho do motor a combustão. Para quem não quer perder a emoção, há um modo que pode ser acionado com apenas um botão, e você tem um pouco da emoção de ouvir o ‘ronco’ do carro.

Qual o valor do Mustang Mach-e?

Nos Estados Unidos, o modelo tem um preço em torno de US$ 60 mil. No Brasil, está à venda nas concessionárias por R$ 486 mil.

Futuro dos carros elétrico

A estratégia de lançar o modelo elétrico no Brasil passa pelo objetivo global da Ford, que vê a tecnologia como o um dos pilares do futuro dos carros. A marca tem uma meta de chegar a uma produção anual de 600.000 carros elétricos ainda em 2023, e de mais de 2 milhões até 2026.

“Vemos nos últimos dois anos a mudança do portfólio de negócio muito focado no nosso global, nossas picapes, ícones, SUVs, e Ford Pro, e estamos colhendo resultados que são extremamente positivos em linha com as nossas expectativas. Nesse ano, vamos crescer mais de 30% na América do Sul. Só até o mês de agosto, crescemos mais de 30% no mercado do Brasil”, diz presidente da Ford da América do Sul.

Informações da Exame.
Fotos: Divulgação

  • Compartilhe: