ENTRETÊ: Bruna Marquezine é a ‘Mulher do Ano’ do Prêmio Geração Glamour 2023

Bruna Marquezine foi a grande vencedora do Prêmio Geração Glamour 2023. A atriz, que estrelou o filme de Hollywood “Besouro Azul”, foi eleita a “Mulher do Ano” de uma das maiores premiações femininas do País. O evento de coroação aconteceu na noite desta segunda-feira (9), no hotel JW Marriott, em São Paulo.

Para apresentar a homenagem especial, a estilista e modelo Sasha Meneghel, amiga de infância da artista, celebrou seu histórico com a estrela, e explicou que Bruna não conseguiu ir ao evento por conta de compromissos profissionais. Um vídeo da atriz foi exibido aos presentes.

Nascida em Duque de Caxias, município da Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, Bruna Marquezine fez sua estreia na teledramaturgia com a personagem Salete de “Mulheres Apaixonadas” (2003) – que, inclusive, está sendo reprisada no “Vale a Pena Ver de Novo”. O carisma e desenvoltura da pequena já tinham chamado atenção quando Bruna estrelou comerciais de TV e participou do “Gente Inocente”, programa infantil comandado por Márcio Garcia, em 1999. Mas foi na pele de Salete que a estrela chamou ainda mais atenção com o talento expressivo para as cenas dramáticas – e com apenas sete anos de idade.

De lá para cá, enquanto crescia em frente às câmeras, Bruna Marquezine também viveu personagens em que destacou sua veia cômica — como a Lurdinha de “Salve Jorge” (2012). Saiu da zona de conforto e foi lutadora de Kung Fu em “Negócio da China” (2008); viveu uma trama de época com a Maria Augusta de “Desejo Proibido” (2007) e mostrou o talento descoberto ainda na infância com muitas outras personagens marcantes.

Com mais de 40 milhões de seguidores em seu perfil do Instagram, Marquezine também é ícone fashionista e inspiração para muitos com os looks icônicos que entrega nos eventos — como o que roubou a cena recentemente em um dos shows de Beyoncé na Renaissance Tour.

11983264 x720design sem nomeNa era dos streamings, também já aumentou a lista de trabalhos protagonizando “Maldivas” (2022) na Netflix e “O Amor da Minha Vida”, série de romance que já teve as filmagens finalizadas e estreia em 2024 no Star+. Mas, entre os destaques recentes, sem dúvidas, o maior deles foi o pontapé na carreira internacional, sendo nada menos que a primeira brasileira a estrelar um filme do universo DC.

Bruna Marquezine estampa novo cartaz de “Besouro Azul”; filme estreia dia 17

Ao lado de Xolo Maridueña, que vive o herói protagonista do longa, Bruna interpretou Jenny e colocou o Brasil sob os holofotes de uma superprodução do entretenimento.

Na época em que a divulgação do longa teve início, a atriz compartilhou em seu Instagram um vídeo do momento exato em que recebeu a confirmação do John Rickard de que estaria no projeto. Para completar a emoção das cenas gravadas, destacou na legenda a importância de ter sido escolhida para o elenco: “Uma BRASILEIRA em um filme de super herói da DC?!?!?!?!?!?!?!?! E essa brasileira sou EU? Quê?!?!?!?!?! Isso sempre pareceu ser algo tão distante, principalmente pra uma menina que nasceu em Duque de Caxias”, escreveu no post, sem esconder o mix de sentimentos ao ver a realização do sonho se tornar realidade.

Informações do Alô Alô Bahia
Fotos: @brunamarquezine

  • Compartilhe: