BARREIRAS: 7ª Conferência Municipal de Barreiras discute Desenvolvimento Urbano Sustentável com foco na cidade e campo

Projetar cidades sustentáveis para o futuro, com acessibilidade e oportunidades para todos que residem na área urbana e rural, com esse propósito a Prefeitura de Barreiras por meio da Secretaria de Assistência Social e Trabalho, convocou nesta quinta-feira, 10, a realização da 7ª Conferência Municipal da Cidade de Barreiras que este ano traz o tema “Construindo a Política de Desenvolvimento Urbano: Unindo Campo e a Cidade para o Desenvolvimento Sustentável.

A solenidade de abertura reuniu a presença de um grande público com representação da sociedade civil organizada, poder público municipal e estadual no Centro Cultural Rivelino Silva de Carvalho. Antecedendo a abertura, a Banda Municipal 26 de Maio apresentou músicas brasileiras e executou os Hinos Nacional e Municipal.

Na mesa oficial, a secretária de Assistência Social e Trabalho, Diciola Baqueiro recebeu o vice-prefeito e Secretário de Planejamento, Emerson Cardoso, o procurador do município e presidente do Núcleo de Regularização Fundiária, Túlio Viana, a presidente do Conselho Municipal de Habitação de Interesse Social, Kaliane Eloi Quinteiro, a representante da sociedade civil organizada da agência 10envolvimento, Amanda dos Santos, o representante da Secretaria de Infraestrutura, engenheiro civil Bruno Castro e o representante da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade, coordenador de educação ambiental Ronaldo Ursulino.

“A Conferência das Cidades é um momento de ampliar a discussão qualificada e formular uma visão compartilhada e pública de desenvolvimento urbano sustentável para Barreiras. Juntos, vamos observar os elementos que garantam melhor qualidade de vida para a cidade e campo, experiências significativas e tentar buscar ações para diminuir assimetrias sociais. Na etapa dos eixos, contamos com a participação de todos, para diálogos que discutirão diretrizes voltadas ao desenvolvimento de nossa cidade, voltada para as políticas públicas em habitação, saneamento ambiental, transporte, mobilidade urbana e regularização fundiária, tudo isso dentro do controle social, transparência e desenvolvimento sustentável”, destacou a secretária de Assistência Social, Dicíola Baqueiro.

Para o vice-prefeito e secretário de planejamento, Emerson Cardoso, a Conferência das Cidades acontece de forma alinhada, principalmente nessa fase onde Barreiras se destaca na Bahia como melhor cidade em gestão, bem-estar, segurança pública, infraestrutura, serviços básicos e prosperidade.

“Barreiras vivencia desde 2017 uma gestão transformadora, e hoje os barreirenses podem comemorar uma Capital do Oeste destaque no Ranking de Cidades Inovadoras e Sustentáveis conquistando o primeiro lugar na Bahia como a melhor cidade em gestão, bem-estar, segurança pública, infraestrutura, serviços básicos e prosperidade. Além disso, ainda é referência nacional como cidade potencial para fechar negócios no mercado mobiliário e indústria, ou seja, seguimos buscando fortalecer o sentimento de pertencimento e contribuir para que toda população tenha mais qualidade de vida, desenvolvimento urbano, econômico, ecológico e social sustentável”, comentou o vice-prefeito.

A programação da Conferência das Cidades seguiu nesta manhã de sexta-feira, 11, com Diálogos sobre Planejamento Urbano, palestras, orientação dos trabalhos e a discussão dos quatro Eixos temáticos: eixo I- Habitação e regularização Fundiária; eixo II Saneamento Ambiental; eixo III Mobilidade e Acessibilidade e o eixo IV Planejamento e Gestão Urbana. Na plenária final, ocorrerá a eleição dos Delegados e membros do Conselho das Cidades.

Informações e Fotos: @prefeituradebarreiras

  • Compartilhe: