DECOR: 7 dicas de plantas para decorar a casa e deixar o ambiente aconchegante

As plantas desempenham um papel importante na harmonização da energia dos ambientes em que são colocadas, seja através dos estudos de fitoenergia, biofilia ou Feng Shui. A presença de vegetação, flores e plantas em um espaço traz uma sensação de bem-estar indiscutível. Além disso, é uma maneira prática e segura de garantir boas energias em casa.

Embora todas as plantas sejam benéficas ao meio ambiente, algumas delas são conhecidas por potencializarem sensações de proteção, cuidado, sorte e prosperidade. Para aqueles que desejam embarcar nessa jornada, a paisagista Renata Guastelli compilou uma lista das principais espécies recomendadas para começar.

1. Espada-de-são-jorge
É conhecida por ser uma das melhores espécies de plantas com ação purificadora para os ambientes e energias. As propriedades dessa planta fazem com que ela absorva substâncias tóxicas do ar durante o dia, enquanto à noite libera oxigênio limpo, mantendo os ambientes purificados.

Ela é conhecida por seu poder de proteção e não precisa de grandes cuidados diários, ela aguenta climas mais secos e quentes e tem uma longa durabilidade mesmo sem água e não precisa de luz direta. “Como ela não precisa ser regada com frequência, uma dica para saber quando ela precisa de água é sentir a umidade da terra”, ensina Renata Guastelli.

2. Lírio-da-paz
É a escolha certa para quem quer uma floração abundante e é popularmente conhecido pelo seu poder de “absorção” de energias negativas de ambientes e de pessoas. Renata diz que a flor é resistente a espaços internos; por isso, é uma ótima opção para decorar todos os ambientes da casa.

Ela pode ser cultivada em vasos grandes que ficam no chão e não pode receber por muito tempo a luz do sol direta, pois pode queimar nas pontas, as quais ficam amareladas. É importante regá-la com frequência para deixar a terra umedecida, nunca diretamente nas folhas; nelas, apenas algumas borrifadas de água.

3. Bambu-da-sorte
É uma planta conhecida por atrair boas energias como sorte, fortuna e prosperidade e possui caules os quais podem ser modelados, o que a torna uma verdadeira aliada na decoração. A tradição oriental diz que ele deve ser dado de presente em ocasiões especiais que marquem um novo começo.

“É muito fácil cuidar do bambu-da-sorte, visto que ele não precisa de muita manutenção; é importante manter a planta em meia-sombra ou sombra total, pois o sol pode amarelar ou até mesmo queimar as folhas, e ele precisa estar em um solo úmido sempre“, completa Renata.

4. Jiboia
Além de linda como artigo decorativo, a jiboia é uma das plantas que trazem energias positivas, visto que limpa o seu ambiente de resíduos tóxicos que possam estar no ar. A planta, que afasta energias negativas do lar, é resistente e fácil de cuidar, além de ser uma boa candidata para quem quer cultivar plantas dentro de casa.

Segundo a paisagista, ela faz a filtragem do ar, porque é ótima no processo que transforma o dióxido de carbono em oxigênio. A folhagem se adapta bem aos ambientes com sombra, mas cresce melhor e mais rápido em locais com luz indireta. A rega acontece entre uma a duas vezes por semana, dependendo da unidade da estação.

5. Alecrim
É uma erva muito poderosa e aromática. Seu uso principal é como tempero e chá, mas a planta é conhecida por ter um grande poder energético de proteção, transformando as energias ruins em positivas. Além disso, atrai felicidade, harmonia, alivia o estresse, aumenta a autoestima e auxilia no raciocínio.

“O alecrim gosta de solo bem drenado. Então, use vasos com rochas no fundo e com furos, sem pratinhos. O excesso de água pode matar a planta, deixe o solo secar completamente antes de regar para garantir que as raízes não irão apodrecer, e ele precisa do sol algumas horas no dia”, ensina Renata.

6. Árvore-da-felicidade
Diz a lenda que a árvore-da-felicidade atrai prosperidade e nunca mais deixa a alegria ir embora da casa. Para os sentimentos de harmonia se multiplicarem, é apropriado usar o mesmo vaso para plantar duas mudas: a macho e a fêmea. Ela é bonita, simbólica, fácil de cultivar e se adapta sem dificuldades aos ambientes internos.

Renata diz que é necessário escolher um local de meia-sombra para colocar a árvore da felicidade e que ela não gosta de tomar sol diretamente, prefere temperatura ambiente. É recomendado regar o arbusto de duas a três vezes por semana.

7. Dinheiro-em-penca

Como o próprio nome diz, atrai dinheiro e prosperidade. “Verdinha, miúda e delicada, é de fácil plantio e fácil cultivo. É fundamental para a vitalidade da plantinha que o vaso possua um bom sistema para escoamento da água.

O solo também precisa ser rico em matéria orgânica, uma vez que a dinheiro-em-penca aprecia solos férteis. O ideal é misturar na terra do plantio uma parte de húmus de minhoca. Ela gosta de um pouco de sol e, para aguar, faça o teste do dedo para checar a umidade do solo”, finaliza Renata.

Informações de Bruna Rodrigues/Exame.
Fotos: Reprodução

  • Compartilhe: