IBGE: BARREIRAS ESTÁ ENTRE AS 10 CIDADES MAIS POPULOSAS DA BAHIA, MOSTRA CENSO 2022

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou, nesta quarta-feira (28), o Censo Demográfico de 2022. Os dados apontam que a Bahia segue com a quarta maior população do país. No entanto, o estado registrou um crescimento abaixo da média nacional.

A Bahia tem, atualmente, uma população estimada de 14.136.417 pessoas. Em comparação com 2010, quando foi feito o censo anterior, a Bahia teve aumento de 0,9%. O percentual modesto foi o terceiro menor do país, ficando atrás apenas de Rio de Janeiro (0,03%) e Alagoas (0,02%).

No hiato de 12 anos entre as duas pesquisas de recenseamento, a Bahia registrou 119.511 novos habitantes – um aumento de 0,07% a cada ano. Em números absolutos, o estado segue atrás de São Paulo (44.420.459 pessoas), Minas Gerais (20.538.718) e Rio de Janeiro (16.054.524).

Mesmo com o baixo crescimento populacional, a Bahia mantém a liderança da região Nordeste do Brasil desde a década de 1980, quando o censo começou a ser feito no país. Pernambuco é vice-líder, com 9.058.155 habitantes, e Sergipe é o menor estado da região, com 2.209.558 pessoas.

Foto: Adobe Stock

Cidades baianas mais e menos populosas

O censo do IBGE concluiu que a Bahia é um estado formados por cidades predominantemente pequenas – se tratando de população. Ao todo, 61,6% dos municípios baianos têm até 20 mil moradores. Apenas duas cidades têm mais de 500 mil moradores: Salvador e Feira de Santana.

Dos 10 municípios mais populosos do Censo 2022, oito permaneceram os mesmos que em 2010. A capital se manteve líder em habitantes desde o início do recenseamento. A novidade é a inclusão das cidades de Porto Seguro e Barreiras, que tomaram os lugares de Jequié e Alagoinhas.

Cidades baianas mais populosas

Cidade População Variação entre 2010 e 2022 (%)
Salvador 2.418.005 habitantes -257.651 habitantes (-9,6%)
Feira de Santana 616.279 habitantes + 59.637 habitantes (10,7%)
Vitória da Conquista 370.868 habitantes + 64.002 habitantes (20,9%)
Camaçari 299.579 habitantes + 56.609 habitantes (23,3%)
Juazeiro 235.816 habitantes + 37.851 habitantes (19,1%)
Lauro de Freitas 203.334 habitantes + 39.885 habitantes (24,4%)
Itabuna 186.708 habitantes -17.959 habitantes (-8,8%)
Ilhéus 178.703 habitantes -5.533 habitantes (-3%)
Porto Seguro 167.955 habitantes + 41.026 habitantes (32,3%)
Barreiras 159.743 habitantes + 22.316 habitantes (16,2%)

Em contrapartida, Catolândia segue com a menor população da Bahia, mesmo tendo maior crescimento percentual entre as cidades com baixo número de habitantes. De 2010 para 2022, o título de segundo menor município deixou de ser de Lajedão e passou a ser de Lajedinho. Veja:

Cidades baianas menos populosas

Cidade População Variação entre 2010 e 2022 (%)
Aiquara 4.446 – 156 habitantes (-029%)
Cravolândia 4.415 – 626 habitantes (-1,10%)
Dom Macedo Costa 4.407 + 533 habitantes (1,08%)
Gavião 4.360 – 201 habitantes (-0,37%)
Contendas do Sincorá 4.333 – 330 habitantes (-0,61%)
Lafaiete Coutinho 4.075 + 174 habitantes (0,36%)
Lajedão 3.845 + 112 habitantes (0,25%)
Ibiquera 3.725 – 1.141 habitantes (-2,20%)
Lajedinho 3.527 – 409 habitantes (0,91%)
Catolândia 3.434 + 822 habitantes (2,31%)

De acordo com o IBGE, o porte populacional não mudou em relação aos dados do Censo de 2010. Em via de regra, poucas cidades tiveram crescimentos, que foram significativamente discretos. No último recenseamento, o estado tinha 248 cidades com até 20 mil habitantes, agora tem 257.

Dois municípios se destacaram no aumento de população e entraram na lista dos que têm mais de 100 mil habitantes: Luís Eduardo Magalhães e Santo Antônio de Jesus, que agora possuem 107.909 e 103.555 moradores, respectivamente.

Informações do G1
Foto: Reprodução

  • Compartilhe: