SAIU NA ADORO: Artesanato terapia: o poder das mãos para a saúde mental

Empreendedorismo

@armarinhocarvalhobarreiras

Texto: Joanna Morbeck

Muita gente não sabe, mas o artesanato vai muito além de ser apenas um hobby, ele também pode ajudar na sua saúde mental e até se converter numa terapia ocupacional para quem a faz diariamente. E os armarinhos são grandes aliados, disponibilizando itens para artes manuais que podem ajudar no tratamento de doenças como depressão, síndrome do pânico e ansiedade.

Criado em 2001, no Piauí, o Armarinho Carvalho chegou em Barreiras no final de 2017 e logo em seguida, em 2018, inaugurou uma nova filial na cidade. É comandado pela empresária Márcia Carvalho, que é maranhense, administradora e desde bem jovem começou a atuar no ramo de armarinhos com aviamentos e materiais para artesanato. Materiais esses que ajudam muitas pessoas como forma de terapia. 

Ela conta que no Armarinho Carvalho vende materiais de artesanato, aviamentos, materiais para confeccionar roupas, linhas de crochê, agulhas, ferramentas para artesanato, telas de pintura, pincéis e uma infinidade de produtos que hoje somam uma variedade de mais de 30 mil itens. “A empresa tem se destacado no mercado por sempre inovar, trazendo novidades e sempre atendendo às necessidades dos clientes que produzem os mais diversos tipos de artesanato em geral. Ficamos felizes de certa forma por contribuir para artesãos e pequenos empreendedores com os produtos que comercializamos”, conta.

Unindo artesanato e bem-estar mental

Marcia chama atenção para o artesanato como medida de terapia. Hoje cada vez mais itens de armarinho podem ser utilizados para uma variedade de atividades ocupacionais, ajudando a melhorar a coordenação motora, a destreza e a criatividade. Essas atividades podem ser particularmente benéficas para indivíduos que precisam de reabilitação ou que enfrentam desafios físicos ou mentais. “O Artesanato pode ser hobby, fonte de renda para uns, e para uma boa parte, uma forma de terapia ocupacional”, conta Márcia. 

Para ela, a sensação que a confecção de artesanato traz, faz com que o estado emocional melhore por completo.  “O chamado Artesanato Terapia traz a sensação de prazer e bem-estar, além de aumentar a autoestima e a confiança, melhorando o estado emocional por completo. Costurar, bordar, pintar e recortar são formas de relaxar e aliviar o stress do dia a dia”, diz. 

Márcia se orgulha ao dizer que o Armarinho Carvalho é muito mais do que um simples comércio de materiais para artesanato, é um espaço acolhedor, que oferece matéria-prima e diversas possibilidades para que pessoas de todas as idades possam se envolver em atividades criativas, empreendedoras e terapêuticas. “Fico feliz em colaborar com a sociedade e comunidade com a comercialização dos nossos materiais para criação dos mais diversos tipos de Artesanato”, finaliza.

Foto: Divanildo Silva

  • Compartilhe: