SAIU NA ADORO: Cuidando de quem cuida: IAM e a atenção à saúde da Mulher

@clinica_iam

Texto: Joanna Morbeck

Formada em Medicina pela Universidade Federal da Bahia, a médica mastologista, Alba Lima Dias, sempre se identificou com o cuidado à saúde da mulher. Em 2008, juntamente com o seu esposo, inaugurou o IAM, Instituto de Assistência à Saúde da Mulher, um local para que mulheres de todas as idades tenham acesso à saúde, com acolhimento, conforto e confiança. “Somos uma instituição dedicada à mulher com permanente compromisso ético e social”, define a médica. 

Atualmente, presta assistência médica ao público feminino de todos os 35 municípios da região, além de outros estados como Tocantins e Piauí.

“Em 2002, nos estabelecemos em Barreiras e fomos acolhidos pela população que acreditou no nosso trabalho. Hoje, me considero barreirense de coração, pois escolhemos essa cidade para morar, investir e educar nossos filhos. Eu tenho muito a agradecer a população oestina e a minha família que me deram apoio incondicional durante toda essa trajetória.”

No IAM, além de consultas periódicas, as pacientes dispõem de exames como mamografia digital, ultrassonografia, core biopsy e punções mamárias. 

O cuidado além do olhar

A médica pontua a importância que a mama possui para as mulheres, pois está ligada diretamente com a autoestima, a feminilidade e a sexualidade. Um olhar cuidadoso e sensível, segundo ela, é essencial. “Penso que o médico que escolhe essa especialidade deve ter um olhar holístico para a mulher que procura sua assistência, pois, muitas vezes, o problema não está somente nas mamas. É preciso sensibilidade e paciência para lidar com todas as questões da mulher atual. O medo do câncer de mama aflige as mulheres, pois sabemos a importância das mamas para nós mulheres. Por isso, toda essa questão é fundamental”, alerta. 

Segundo a Organização Mundial da Saúde, o câncer de mama é a neoplasia maligna mais prevalente no mundo, já superando o câncer de pulmão. Para o ano de 2023, foram estimados 73.610 casos novos no Brasil, o que representa uma taxa ajustada de incidência de 41,89 casos por 100.000 mulheres, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer de 2022. 

Sempre buscando levar o melhor em serviço de saúde para as suas pacientes, em 2021 e 2022, Alba concluiu o curso de imaginologia mamária e procedimentos minimamente invasivos em mastologia “hands on”, realizado pela Sociedade Brasileira de Mastologia em parceria com a Redimama, em Belo Horizonte (MG). “Quando realizamos procedimentos minimamente invasivos com diagnóstico de benignidade, evitamos cirurgias desnecessárias, e esse é o nosso maior objetivo para, cada vez mais, preservar a saúde das nossas pacientes”, conclui. 

Alba Dias é mastologista e desde 1998 é membro titular da Sociedade Brasileira de Mastologia, foi aprovada em título de especialista pela Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM), Associação Médica Brasileira (AMB) e Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO). Além disso, obteve título de especialista em Mamografia pelo CBR (Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem). Em 1999, foi fellow no IEO (Instituto Europeu de Oncologia), em Milão, na Itália. E já exerceu a mastologia em diversos serviços em Salvador, como a clínica IMAGO, clínica AMIGOS, Hospital São Rafael e Hospital Santo Antônio.

Fotos: Guilherme Augusto

  • Compartilhe: