BARREIRAS: Com reverência às Literaturas Afro-brasileiras e Africanas é aberta oficialmente a Festa Literária Internacional de Barreiras

A VI edição da Festa Literária Internacional de Barreiras (Flib), está oficialmente aberta ao público. Na presença do prefeito Zito Barbosa, o secretário municipal de Educação de Barreiras, Jéferson Barbosa, acompanhado pela subsecretária de Cultura e Turismo, Emília Moreno e a curadora geral da Flib, Marilde Guedes, abriu o evento na terça-feira (23). “Parabéns aos organizadores pela escolha do tema que valoriza a literatura afro-brasileira e africana, abrindo, desta forma, um importante espaço para a inclusão e para a cidadania”, destacou o secretário. A Festa Literária traz como tema central “As Literaturas Afro-brasileiras e Africanas: conectando mundos” e se estende até quinta-feira (25), integrando a programação de aniversário de Barreiras.

“Nosso objetivo maior é fazer ecoar as muitas vozes afro-brasileiras, tão negligenciadas na literatura, além de promover uma reflexão sobre o que é esta literatura e o lugar que ela ocupa em nossas escolas e em nossas vidas. Queremos que a Flib seja o lugar, o espaço e o momento para mostrar que as vozes negras importam”, disse a curadora geral do evento, Marilde Guedes. Já a subsecretária de Cultura reforçou a todos a visitação a festa literária. “Estamos com uma extensa programação destinada a escritores, estudantes, professores e público em geral, mais de 25 lançamentos de livros serão realizados. É um momento muito importante para nossa cultura, vale a pena prestigiar”, disse Emília Moreno.

Ao parabenizar a curadoria da Flib e os demais envolvidos na organização, o prefeito Zito Barbosa expressou a felicidade em contar com um evento destinado a estudantes e artistas integrado à programação oficial de aniversário de Barreiras. “Muita alegria na semana em que comemoramos os 132 anos de independência política de nosso município, sediarmos uma festa literária desta dimensão. Barreiras, que é a Capital do Oeste, durante esta semana passa a ser a capital da cultura e da literatura em todo o Estado da Bahia”, disse, destacando ainda uma série de eventos comemorativos ao aniversário, com lançamentos de obras, ordens de serviços e inaugurações.

Presenças – A solenidade de abertura da edição 2023 da Flib contou com a presença do vice-prefeito, Emerson Cardoso; presidente da Câmara, Alcione Rodrigues; diretora do NTE-11, Isolda Maia; Professor Cleiton Barcelos, da UFOB; Professora Marta Faria, da UNEB; Professor Gustavo Quirino, do IFBA; Valnei Rigonato, da ABL; Bosco Fernandes, diretor de Cultura; Valesca Landin, curadora da Flibinha e o ouvidor da Secretaria de Educação do Estado da Bahia, Jocivaldo Bispo da Conceição. Além dos vereadores, Tetéia Chaves, Valdimiro José e Otoniel Teixeira.

Programação – A Festa Literária Internacional de Barreiras prevê uma extensa programação dividida entre o Centro Cultural Rivelino Silva de Carvalho, Clube ABCD, Escola Municipal de Teatro, Praça Duque de Caxias, Praça Amphilófio Lopes e Academia Barreirense de Letras. No rol de atividades está uma Mostra do Centro Cultural Casa de Angola sediada em Salvador, com a exposição de arte e peças do acervo do Museu Nacional de Antropologia de Angola. Lançamentos e relançamentos de livros, apresentações musicais, teatrais, exposição de artesanato, roda de conversas, debates e muita difusão de conhecimento. Destaque ainda para a versão destinada ao público infantil da Festa Literária Internacional de Barreiras, a Flibinha, que fará do Clube ABCD um espaço para que crianças e adolescentes demonstrem seus talentos e despertem o interesse pela literatura. A programação completa pode ser conferida no site oficial de Barreiras: https://barreiras.ba.gov.br/wp-content/uploads/2023/05/flib-atual.pdf

Informações e Fotos: Dircom/PMB

  • Compartilhe: