SAIU NA ADORO: Imersão no Agro  Um encontro entre teoria e prática

@institutowp

Texto: Redação

No Brasil, segundo dados divulgados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), o agronegócio empregou, no terceiro trimestre de 2022, 19,07 milhões de pessoas. O que mostra o evidente crescimento de mão de obra envolvida no agronegócio brasileiro. 

E onde há profissionais existe a necessidade de especialização. Foi com esse objetivo que o Instituto de Educação Washington Pimentel realizou, em Luís Eduardo Magalhães, a “Imersão no Agro WP”, uma experiência de aplicação da teoria nas práticas de produtores da capital do Matopiba, Luís Eduardo Magalhães.

Realizado entre os dias 26 e 29 de janeiro, o evento reuniu profissionais de diversas áreas para conhecer e experimentar o dia a dia das empresas locais. “Foram três dias de um programa intensivo e prazeroso, onde todos os participantes puderam compreender a sistemática da cadeia de funcionamento do agronegócio, seus principais pontos sensíveis e (re)conhecer, na perspectiva do produtor, as dificuldades e os desafios do mercado. Tudo isso a partir do olhar atento à dinâmica e às soluções aplicadas ao dia a dia das principais culturas da região”, conta Katerine Rios, sócia e COO da WP Agro Empresarial. 

Um terreno fértil para novas ideias

Já no primeiro dia, os engenheiros agrônomos Phelipe Oliveira e Adriana Rodrigues pontuaram o quanto a sustentabilidade importa para o produtor. Mostraram também o quanto a informação e a tecnologia contribuem para o desenvolvimento de alto desempenho do Agronegócio para o Oeste do estado. ((( “O primeiro dia do programa de imersão no universo do Agronegócio foi intenso, repleto de atividades que aproximaram os participantes do programa aos processos de produção e manejo das principais culturas da região” Ressalta Washington Pimentel, CEO da WP Empresarial.)))

Entre as atividades estava um workshop com dinâmicas para aprimoramento pessoal e de equipes. E não parou por aí, os participantes realizaram uma visita técnica a diversos espaços de cultivo da Fazenda Orquídea, da Schmidt Agrícola, onde foi possível visualizar e compreender as diferenças e similaridades entre grandes, médias e pequenas propriedades, suas culturas, e a importância de cada uma para a cadeia do agronegócio.7

A força do Agro no Brasil

“Atualmente o Agronegócio representa uma fatia de 30% do PIB do Brasil, que é um dos maiores exportadores de commodities. Sem dúvidas o Agronegócio é um campo que demanda uma gama de prestadores de serviço e, na condição de administradora que trabalha com o setor, julgo que foi uma experiência imprescindível e transformadora”, ressalta Katerine Rios.

O Grupo WP atua com mais de 60 colaboradores e R$ 3 bi em dívidas reestruturadas nas principais cidades do país, assessorando produtores rurais na busca pelas melhores práticas de gestão agroempresarial. Além disso, a empresa sempre realiza eventos e cursos de formação como esse, para que o produtor rural esteja preparado para atuar de forma empresarial, com estrutura de governança robusta, com percepção e gerenciamento de risco, de forma equilibrada e sustentável. 

Uma experiência valiosa

Kayky Henrique, advogado.

@kaykynriq

(((“Vi que aquela ideia de que o Agro é Tec, Pop e tudo, é uma realidade. Vi de perto que preservação, investimento em inteligência, trabalho constante e planejamento trazem resultados. Volto para a casa respeitando ainda mais esse campo da economia e com satisfação e orgulho de fazer parte do Grupo WP Agroempresarial.”)))

Publicação:  https://www.instagram.com/p/CoA4q7Mpmgm/

Nina Lôbo, advogada.

@ninalobosb

“Quatro dias de imersão, conexão, quebra de paradigma, e de muito aprendizado. Conhecer de perto as culturas, as necessidades e as dores das pessoas vai além do que poderíamos alcançar em qualquer sala de aula. Que honra fazer parte dessa equipe incrível e do Instituto WP, que tanto preza pela evolução dos seus alunos e do seu time.”

Fotos: Calan Sanderson

  • Compartilhe: