AUTOMÓVEIS: Novo SUV da Land Rover tem dois motores e pode custar mais de R$ 1 milhão

A Land Rover começa a vender no mercado brasileiro a versão híbrida do Range Rover Sport, cuja terceira geração estreara em novembro por aqui nas configurações D350 (3.0, seis-cilindros, diesel, R$ 953.950) e P530 First Edition (4.4 V8 a gasolina, R$ 1.125.950). As novas opções são a Dynamic HSE e a First Edition, com preços que vão de R$ 985.750 a R$ 1.013.950.

De acordo com a marca, o novo conjunto híbrido (do tipo plug-in, ou PHEV) foi projetado para atender às demandas dos motoristas que procuram uma condução eficiente, sustentável e de alto desempenho. O veículo pode rodar mais de 100 quilômetro no modo totalmente elétrico, com índice de emissões zero. Ele está combinado a um propulsor a gasolina da família Ingenium, 3.0 de seis cilindros, que somados chegam a 510 cavalos de potência.

Dados do fabricante indicam que o Range Rover Sport PHEV é capaz de acelerar até os 100 km/h em apenas 5,4 segundos e entregar autonomia de condução elétrica de até 113 km e emissões de CO2 de apenas 18g / km. A autonomia total, somando os dois propulsores, chega a 740 km.

“A nova geração do Range Rover Sport é a redefinição definitiva do luxo esportivo, agora com mais uma opção de motorização ainda mais tecnológica e sustentável. Tivemos uma ótima procura pelo veículo desde sua apresentação em outubro e temos certeza de que esta novidade dará ainda mais força para que o Range Rover Sport se estabeleça entre os principais veículos do segmento de luxo” diz Paulo Manzano, diretor de marketing da Land Rover.

Informações da Forbes.
Fotos: Divulgação

  • Compartilhe: