OESTE: Bahia Farm Show virá mais tecnológica e internacional em 2023

Há menos de três meses para o início da próxima edição da Bahia Farm Show, a ansiedade começa a tomar conta de quem vive de plantar tecnologia, semear as principais soluções para o campo e de colher um futuro com alta produtividade, rentabilidade e sustentabilidade. De geração em geração, a maior feira de tecnologia agrícola e de negócios do Norte e Nordeste do Brasil continua se superando, ano após ano, e será mais uma vez o palco para o fechamento de bons negócios e acesso ao que há de mais moderno em tecnologia. A 17ª edição do evento, que será realizado entre os dias 6 e 10 de junho, em Luís Eduardo Magalhães (BA), fechará com chave de ouro a tradicional agenda dos maiores eventos agrícolas do País.

Depois de atingir, na última edição, a marca histórica em negócios, com R$ 7,9 bilhões em volume de negócios, e de atrair um público de 101 mil pessoas, a Bahia Farm espera novamente surpreender expositores e visitantes. Com o tema “O agro sem fronteiras”, os organizadores querem chegar ainda mais longe, consolidando a marca Bahia Farm Show também em outros países e fortalecendo a internacionalização da Feira. “Quando a gente fala do agro sem fronteiras, a gente vai desde as tecnologias, produção de alimentos e matérias-primas, insumos e etc. Mostramos o agro que é produzido aqui e que pode chegar até o outro lado do mundo”, afirma o diretor executivo da Aiba, Alan Malinski, para ele, o tema deve nortear o mercado regional.

A feira também virá ainda maior e tecnológica em 2023. A organização do evento prevê a ampliação em infraestrutura de todo o complexo em 11%, saindo de uma área de 191 mil m2 para 212 mil m2, para atender os tradicionais expositores de máquinas e implementos agrícolas, e abrir espaço para novos, principalmente ligados às soluções de tecnologia sustentável. De acordo com Odacil Ranzi, presidente da Bahia Farm Show e da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), entidade realizadora, a entrada dos visitantes será automatizada e a feira terá transmissão ao vivo. “Este ano, ampliamos toda a estrutura, aumentamos em 25% o número de empresas participantes e investimos na automação para garantir mais conforto e agilidade nos processos”.

As expectativas para que a feira agrícola ajude a agregar resultado, segundo Ranzi, são as melhores possíveis, principalmente no que diz respeito à troca de conhecimento e à apresentação de produtos e novas tecnologias desenvolvidas por grandes marcas. Nesta edição que se aproxima mais de mil marcas estarão expostas e a expectativa é que o público ultrapasse os 100 mil visitantes. Além disso, algumas novidades estão sendo reservadas pelos organizadores como a inauguração da sede própria da Aiba, com salas de reunião e auditório, mais um restaurante e um espaço para crianças serão oferecidos ao público, que verá na feira, não somente um espaço para fechar bons negócios e obter conhecimento, mas também para viver as melhores experiências de integração e network com parceiros estratégicos, e de descontração e lazer com a família e amigos.

A Bahia Farm Show é uma realização da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), com o apoio da Associação Baiana do Produtores de Algodão (Abapa), Fundação de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento do Oeste Baiano (Fundação Bahia) e Associação dos Revendedores e Representantes de Máquinas, Equipamentos e Implementos Agrícolas do Oeste da Bahia (Assomiba).

Foto: Divulgação

  • Compartilhe: