ENTRETÊ: 6 marcas de carro que também têm linhas de perfume

Ser um admirador de uma marca de carros de alto padrão não significa querer (ou poder) investir em suas criações. Assim, mesmo com séculos de tradição e prestígio no mundo automotivo, montadoras de luxo apostam em expandir seu público e negócios para outros ramos: algumas lançam destilados – como a tequila da Tesla ou o uísque da Aston Martin -, outras investem em roupas, relógios, brinquedos e até móveis. Tudo é pensado para difundir o lifestyle da marca e captar sua essência em outros produtos.

Mas um nicho em particular se mostrou muito promissor: a perfumaria. Especialmente de olho no público masculino, certos fabricantes de carros já investiram pesado em linhas de fragrâncias e conseguiram emplacar verdadeiros sucessos de venda – a Ferrari que o diga.

A seguir, separamos 6 marcas que, além dos carros, têm suas linhas próprias de perfume:

Ferrari

Junto aos conversíveis cobiçados e o destaque na Fórmula 1, a montadora italiana também faz bastante sucesso na perfumaria, especialmente entre os homens. Apesar de a marca existir desde 1929, sua história com fragrâncias começou em 1999, com o lançamento do Ferrari Black – até hoje um dos seus rótulos mais famosos. Desde então, mais de 20 outros perfumes foram lançados no mercado, a maioria masculinos e alguns unisex. Entre os mais conhecidos, estão o Scuderia Red, Ferrari No. 1 e o Scuderia Forte.

Mercedes-Benz

Ao lado do renomado mestre perfumista francês Olivier Cresp, a marca se inseriu no mercado de fragrâncias em 2012 com o masculino Mercedes-Benz. Olivier e sua equipe já desenvolveram mais de 26 perfumes para a montadora alemã, inclusive os femininos For Her e o Woman e até fragrâncias para casa.

Alfa Romeo

A marca centenária de Milão é uma estreante recente na perfumaria. Sua primeira coleção foi lançada em 2021 com três fragrâncias masculinas com toque italiano – a Red, Blue e a Black. Cada uma tem um frasco de cores diferentes, mas uma coisa é comum nas três: a tampa cromada, inspirada nos faróis do modelo de carro Alfa Romeo Giulia.

Jaguar

Feita desde 1988 com o grupo Lalique, especializado em perfumaria, a linha de perfumes da montadora inglesa tem ligação clara com os carros da marca – como foi o caso do Pace, lançado em 2017 como homenagem ao SUV F-Pace. Outro exemplo é o rótulo Stance, com um frasco pensado para fazer referência ao logo da empresa. Ao todo, cerca de 18 perfumes compõem seu portfólio atual.

Porsche

2008 foi o ano em que a Porsche Design lançou sua primeira linha de perfumes, a The Essence. Nos anos seguintes, a coleção foi expandida com rótulos como The Essence Intense, Porsche Design Sport, Porsche Design Sport l’Eau e Titan. Pelo menos 18 fragrâncias foram desenvolvidas desde então, incluindo três femininas.

Rolls-Royce

Quando uma das fabricantes de automóveis mais caras e exclusivas do mundo resolve colocar seu nome em um perfume, não tinha como o resultado ser muito diferente desse. Fruto de uma colaboração com a singular perfumaria argentina Fueguia 1833, o rótulo The Spirit (nome em referência ao icônico símbolo da marca inglesa) é feito com moléculas aromáticas destiladas das plantas usadas no curtimento do couro usado pela Rolls-Royce, além de tabaco e o valioso óleo oud – vendido por até US$ 80 mil o litro, cerca de R$ 417 mil na cotação atual. 100 mililitros do perfume custam nada menos do que € 670 (R$ 3.700).

Bônus: Fórmula 1

A F1 não é uma fabricante de carros, mas reúne várias delas para competir entre si – e, assim como as outras integrantes desta lista, tem uma conexão com o mundo da perfumaria. Isso porque, em 2019, o campeonato de automobilismo mais prestigiado do mundo lançou uma coleção especial de fragrâncias, a F1 Fragrances Race Collection, que continua a ser atualizada e expandida. Com perfumes que vão de US$ 250 até US$ 10 mil, um dos maiores destaques da linha é seu visual, feito pelo visionário designer industrial Ross Lovegrove: os frascos mais luxuosos são envoltos por um exoesqueleto de resina impressa em 3D, resultando em uma obra de arte inspirada nos chassi dos carros da Fórmula 1.

Informações da Forbes.
Fotos: Divulgação

  • Compartilhe: