IBGE: Brasil tem 207,8 milhões de habitantes, mostra prévia do Censo 2022

Recenseadores do IBGE estão em campo realizando coletas desde 1º de agosto e continuarão a realizar o trabalho durante o mês de janeiro de 2023. A prévia divulgada hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que o Brasil chegou este ano a 207.750.291 habitantes. O dado é baseado nas coletas realizadas pelo Censo Demográfico 2022 até o dia 25 de dezembro.

Seguindo um modelo estatístico, o IBGE entrega um resultado prévio do ano de 2022 a partir dos 83,9% da população recenseada.

Programado para acontecer em 2020, o Censo está sendo realizado com dois anos de atraso em razão da pandemia de Covid-19 e de cortes orçamentários.

A divulgação tem como objetivo cumprir a lei que determina ao Instituto fornecer, anualmente, o cálculo da população de cada um dos 5.570 municípios do país para o Tribunal de Contas da União (TCU).

“Este modelo adotado foi bastante estudado e aprovado pela Comissão Consultiva do Censo 2022, que olhou detalhadamente o processo desenvolvido para fornecer ao TCU e à sociedade os melhores dados técnicos e reais possíveis”, afirma o diretor de pesquisas do IBGE, Cimar Azeredo.

O Instituto estudou propostas para cumprir as obrigações legais em relação à divulgação das populações municipais. Após análises, a equipe do IBGE concluiu que o melhor modelo é o que utiliza os dados do Censo 2022 nos municípios onde a coleta já havia terminado e uma combinação de dados coletados e estimativas para os demais municípios.

“Este modelo adotado foi bastante estudado e aprovado pela Comissão Consultiva do Censo 2022, que olhou detalhadamente o processo desenvolvido para fornecer ao TCU e à sociedade os melhores dados técnicos e reais possíveis”, afirma o diretor de pesquisas do IBGE, Cimar Azeredo.

O Instituto estudou propostas para cumprir as obrigações legais em relação à divulgação das populações municipais. Após análises, a equipe do IBGE concluiu que o melhor modelo é o que utiliza os dados do Censo 2022 nos municípios onde a coleta já havia terminado e uma combinação de dados coletados e estimativas para os demais municípios.

Informações do G1
Foto: Arquivo/Agência Brasil

  • Compartilhe: