PESQUISA: Risadas no trabalho aumentam engajamento e produtividade

Talvez nunca tenha havido uma necessidade maior na história de mais leveza para compensar a turbulência vivida por muitos funcionários no mundo e no trabalho hoje. Quando foi a última vez que você deu uma boa gargalhada no trabalho, por exemplo? Se você é como a maioria das pessoas, provavelmente já faz um tempo, e incluir o riso na rotina pode ser um bom remédio para a explosão de problemas de saúde mental no local de trabalho.

A ideia medieval de trabalho como exaustão e suor não se sustentam mais. À medida que nos recuperamos do trauma e das incertezas pós-pandemia, mais empresas podem alcançar um equilíbrio saudável aumentando o engajamento e a produtividade no trabalho com risadas, leveza e diversão. Muitas pesquisas mostram que funcionários felizes e sem estresse estão diretamente relacionados a maiores lucros para a empresa.

A ciência do riso

Você provavelmente já ouviu o ditado de que rir é um bom remédio, e estudos mostram que ele dá ao seu corpo alguns dos mesmos benefícios que o exercício físico moderado. Você pode até perceber que se sente melhor segundos depois de rir. Isso porque o riso reverte as mudanças hormonais causadas pelo cortisol estressante e ativa um coquetel de endorfinas – o analgésico do próprio corpo – em seu sistema.

Quando você ri, os níveis de cortisol diminuem e as endorfinas aumentam, assumem o controle do seu corpo e te deixam menos estressado. A ciência do riso tem implicações profundas para as empresas que lidam com a epidemia de saúde mental, a Grande Demissão, quiet quitting, “paranóia de produtividade”, custos crescentes e todos os outros problemas vividos no pós-pandemia. Eu poderia continuar a lista, mas você entendeu.

Ioga do riso

Pesquisas mostram que rir — mesmo se for uma risada falsa — por apenas um minuto por dia reduz o estresse, alivia a dor, diminui a pressão arterial, estimula o sistema imunológico e clareia a sua visão mental. E isso leva a uma maior satisfação no trabalho, mais engajamento, produtividade, retenção e resultados financeiros da empresa.

Aproveitando esses benefícios, a yoga do riso consiste em forçar a risada até que ela pareça real. A ciência diz que, mesmo que você comece fingindo rir, seu corpo não percebe a diferença, e momentaneamente o riso apaga todas as suas preocupações e alivia sua mente do estresse. A ioga do riso pode ser feita em alguns passos simples, se você quiser tentar:

  • De pé, olhe para cima e mantenha os braços bem separados acima da cabeça.
  • Comece com o riso forçado, envolvendo seus ombros, braços, rosto e barriga até que o riso comece a parecer real.
  • Continue o máximo que puder, deixando rolar: ahhh-hahaha-whoohoohoo-ha-heeheehee!
  • Depois de alguns minutos de gargalhadas, veja se você não percebe um aumento instantâneo das endorfinas que seu corpo produz.

Riso como ferramenta para o bem-estar e produtividade

De acordo com Kevin Hubschmann, fundador da Laugh.Events, especialista em criar experiências cômicas, “uma vez que começamos a entender a ciência do riso, fomos capazes de entender por que nós – e quase todas as pessoas ao redor do mundo – amamos isso e então consideramos o trabalho como um ambiente não convencional para fazer o riso acontecer com mais frequência.”

Pesquisas recentes defendem a ideia de tratar o riso como bem-estar, não apenas como uma saída para o entretenimento. Ele está sendo repensado como uma ferramenta para aumentar a felicidade e a produtividade dos funcionários no trabalho. Riso e estresse não podem coexistir, e o riso sempre vence. “À medida que o Laugh.Events crescia, nos unimos à nossa conselheira, a diretora de psicologia Dra. Natalie Dattilo, para aprender o que estava fisicamente por trás das risadas e como poderíamos expandir esse conceito no local de trabalho para transformar esse ambiente para melhor.”

“Se você fizer sua equipe rir primeiro e depois começar uma reunião, a reunião ainda pode ser considerada estressante para os participantes, mas seus corpos vão reagir de maneira diferente“, explica Dattilo. “As endorfinas e a sensação de bem-estar liberadas durante crises de riso atenuam o efeito do estresse no corpo, diminuindo os efeitos nocivos do cortisol quando ele é liberado.”

A Laugh.Events é especializada em criar experiências de comédia personalizadas em ambientes virtuais e presenciais. Eles dão às empresas e seus funcionários uma saída para rir e se relacionar por meio de eventos interativos. Sua missão é mudar a percepção de que a comédia é simplesmente uma forma de entretenimento e repensá-la como uma ferramenta para aumentar a felicidade e a produtividade dos funcionários no trabalho.
“Oferecemos programas de comédia virtual curtos de 15 minutos chamados Laugh Breaks. Muitas empresas compram como uma abertura para uma reunião geral mais longa, e algumas compram vários para usar mensalmente ao longo do ano”, diz Hubschmann.

“A duração de 15 minutos proporciona às equipes uma pausa necessária e incentiva a produtividade. É a nossa versão da ‘pausa para fumar’, substituindo a nicotina por endorfinas.” O trabalho deles foi apresentados em programas como Late Night with David Letterman e The Tonight Show com Jimmy Fallon.

A Laugh.Events lançou seu serviço para eventos presenciais este ano, que inclui shows de standup e workshops de improviso. “Os workshops de improviso têm sido os mais interessantes e são o futuro do engajamento corporativo presencial”, disse Hubschmann. “Eles são voltados para o desenvolvimento profissional e de habilidades como escuta ativa e colaboração, mas também são a maneira perfeita para as equipes fazerem uma pausa no trabalho e relaxarem – e sempre acabam sendo hilários.”

Informações da Forbes.
Foto: Reprodução

  • Compartilhe: