SAIU NA ADORO – Tecnologia transformadora: Mercado Imobiliário aposta em inovações para atrair clientes

Até pouco tempo, para comprar um imóvel era preciso ir até um stand de vendas, fazer uma visita presencial, negociar a compra, conseguir uma lista de documentos, ler e assinar o contrato físico e ainda passar pelo cartório. Mas a transformação digital abriu caminho para que o mercado imobiliário evoluísse e apostasse em novos processos para ampliar oportunidades. O stand e o catálogo de vendas foram aos poucos dando lugar aos sites, redes sociais e chat virtual. A negociação pode acontecer por telefone, aplicativo de mensagens, e-mails e reuniões online. A visita presencial ganhou sua versão digital com tour virtual ao vivo e projetos animados em vídeos.

É fato que a tecnologia mudou muito o comportamento de compra e venda no mercado imobiliário. E a pandemia foi a responsável por acelerar processos que estavam engavetados e que eram necessários para a agilidade da compra de um imóvel com segurança. A “mudança” já ocorreu e é um caminho sem volta, as startups chegaram conquistando espaço, é o que explica Aline Gobbi, corretora de imóveis e diretora da Construtiva Brasil: “As tecnologias estão em constante evolução no mercado imobiliário, o meio que já era bastante movimentado apresentou um boom de crescimento gigantesco com o surgimento de novas tecnologias. Um dos principais motivos foi a necessidade de adaptação diante da pandemia de covid-19, forçando uma automação na maioria dos processos, desde a construção até a venda. Atualmente, seguir essas tendências não significa estar à frente da concorrência, mas, na verdade, não ficar para trás.” 

O momento exigiu que os corretores imobiliários conduzissem atividades de marketing e outras formas para aumentar a sua carteira de clientes. As divulgações subiram de nível com vídeos produzidos com muita criatividade, que mostram tudo que o produto tem a oferecer, contando com o apoio de anúncios pagos, produção de campanhas segmentadas, alcançando assim um leque gigante de pessoas. As câmeras de celulares cada vez mais avançadas possibilitam a produção de vídeos com mais qualidade e a produção de conteúdo para as mídias sociais. Os computadores estão mais rápidos para edição de postagens e para a mediação das campanhas das redes sociais. Um conjunto de itens que, juntos, nos permitem fazer um trabalho mais qualificado, o que faz a diferença nesse mercado tão competitivo“, afirma Aline. 

Hoje é possível fazer todo o processo de forma virtual, conhecer os ambientes, o tipo de piso, cores das paredes e até mesmo ver a vizinhança: Essa é mais uma realidade da tecnologia, que dá a possibilidade de pelo computador ou celular, o cliente conhecer todo o imóvel, ter a sensação de estar dentro dele, podendo observar os aspectos de pintura e acabamento. Inclusive, a expansão digital e a desburocratização do mercado imobiliário permitem também que o contrato seja fechado de maneira virtual, com apenas a assinatura digital. É uma grande conquista para todos, pois descarta a necessidade de ir ao cartório e fazer o reconhecimento de firma. A realização de uma assinatura eletrônica com certificado digital é bem simples, já que o cliente lê o documento, e se ele estiver de acordo, assina digitalmente e de maneira criptografada. Isso quer dizer que o documento é inviolável e totalmente seguro. Lembrando que a desburocratização dos processos não apaga nem extingue o atendimento presencial, o relacionamento com o cliente. Essa evolução ajuda, mas a sensação do presencial ainda norteia e preenche a alma de algumas pessoas”, finaliza.

Foto: Erisney Ribeiro

  • Compartilhe: