Grammy Latino: Caetano Veloso, Mateus Aleluia, Baco, Targino Gondim; veja artistas baianos indicados à premiação

O anúncio dos indicados ao Grammy Latino aconteceu nesta terça-feira (20) e diversos artistas baianos estão entre os indicados. Ao todo, a premiação conta com 53 categorias e o anúncio dos vencedores acontece em 17 de novembro.

Caetano Veloso foi indicado em duas categorias: Melhor Álbum de Música Popular Brasileira e Melhor Canção em Língua Portuguesa.

Baco Exu do Blues concorre na categoria Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa em Língua Portuguesa.

Já a categoria Melhor Álbum de Música de Raízes em Língua Portuguesa é a que reúne mais baianos: Mateus Aleluia, Luiz Caldas e Targino Gondim (com Nilton Freittas, Roberto Malvezzi) concorrem ao prêmio. A categoria tem sete concorrentes.

Targino Gondim (Foto: Fred Pontes)

Em 2021, Caetano e Ivete levaram prêmios

Em 2021 Caetano Veloso e Tom Veloso venceram o Grammy Latino na categoria Gravação do ano. O prêmio foi dado aos artistas pela gravação do samba-canção Talvez, composto pelo violonista Cezar Mendes com Tom Veloso e gravado por Caetano com Tom em single editado de forma avulsa em agosto de 2020.

Também no ano passado, Ivete Sangalo venceu na categoria brasileira de álbum de música de raízes. Enquanto a banda A Cor do Som, que tem integrantes baianos, levou o prêmio na categoria Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa em Língua Portuguesa.

Veja abaixo as categorias em que os baianos concorrem:

Melhor Canção em Língua Portuguesa

  • “Baby 95” – Liniker
  • “Idiota – Jão
  • “Me Corte Na Boca Do Céu A Morte Não Pede Perdão” – Criolo Featuring Milton Nascimento
  • “Meu Coco” – Caetano Veloso
  • “Por Supuesto” – Marina Sena
  • “Vento Sardo” – Marisa Monte Featuring Jorge Drexler

Caetano Veloso (Foto: Reprodução/ Instagram)

Melhor Álbum de Música Popular Brasileira

  • “Pomares” – Chico Chico
  • “Síntese Do Lance” – João Donato E Jards Macalé
  • “Indigo Borboleta Anil” – Liniker
  • “Nu Com A Minha Música” – Ney Matogrosso
  • “Portas” – Marisa Monte
  • “Meu Coco” – Caetano Veloso

Baco (Foto: Reprodução/ Instagram)

Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa em Língua Portuguesa

  • “Qvvjfa?” – Baco Exu Do Blues
  • “O Futuro Pertence À… Jovem Guarda” – Erasmo Carlos
  • “Sobre Viver” – Criolo
  • “Memórias (De Onde Eu Nunca Fui)” – Lagum
  • “Delta Estácio Blues” – Juçara Marçal

Mateus Aleluia (Foto: Paola Alfamor)

Melhor Álbum de Música de Raízes em Língua Portuguesa

  • “Afrocanto Das Nações” – Mateus Aleluia
  • “Na Estrada – Ao Vivo” – Banda Pau E Corda Featuring Quinteto Violado
  • “Remelexo Bom” – Luiz Caldas
  • “Belo Chico” – Targino Gondim, Nilton Freittas, Roberto Malvezzi
  • “Senhora Das Folhas” – Áurea Martins
  • “Oríki” – Iara Rennó
  • “Senhora Estrada” – Alceu Valença

Informações do G1.
Fotos: Divulgação

  • Compartilhe: