Bahia é o 5º estado mais competitivo do Nordeste, segundo ranking

A edição 2022 do Ranking de Competitividade dos Estados acaba de ser divulgado pelo Centro de Liderança Pública (CLP). A pesquisa pode ser um bom indicador da gestão pública de cada região.

Dos mais de 20 estados, apenas 5 não mudaram de posição em relação ao ano passado. Paulistas lideram o ranking há anos, mas, neste ano, perceberam uma piora no quesito Segurança Patrimonial, com o aumento no número de furtos e roubos.

O estudo, que metrifica todos os cantos do Brasil para classificar as 27 unidades federativas com base em 10 pilares diferentes confirma que os estados do Norte e do Nordeste seguem como os menos competitivos do país.

A Bahia, em 2021, apareceu na 18ª posição e subiu para 17ª este ano. Dentro da região Nordeste, ainda perde para Paraíba, Ceará, Alagoas e Pernambuco.

No critério Solidez Fiscal, o estado aparece na 4ª posição, subindo 8 em relação ao ano passado. A Bahia ainda subiu 7 degraus em Capital Humano (10ª colocação), 3 em Eficiência da Máquina Pública (6ª colocação) e Infraestrutura (16ª colocação).

Ao lado de Roraima, a Bahia foi o estado que exibiu os maiores avanços de posição no pilar Capital Humano, avaliando o nível educacional dos indivíduos que já estão no mercado de trabalho e seu impacto sobre a produtividade da economia.

Informações do Alô Alô Bahia.
Foto: Reprodução

  • Compartilhe: