Mariah Carey lança coleção de joias de borboletas com a Chopard

Mariah Carey teve uma das carreiras mais estelares da história da música pop. A prolífica cantora e compositora, com um raro alcance vocal de cinco oitavas, vendeu mais de 200 milhões de álbuns e escreveu (ou co-escreveu) 18 de suas 19 músicas número 1 durante suas três décadas de estrelato.

Agora, pela primeira vez, ela transformou sua criatividade em joalheria, em um palco quase tão grande quanto o que ela já comanda: a Chopard. A artista fez uma parceria com Caroline Scheufele, co-presidente e diretora artística da grife, para criar duas coleções de joias: a coleção de alta joalheria Chopard X Mariah Carey e a coleção de joias finas Happy Butterfly X Mariah Carey.

A borboleta tem um significado especial, tanto para a cantora de renome mundial quanto para a marca de luxo suíça. Para a Chopard, ela é um ícone de estilo, transmitindo aspirações renovadas e uma abordagem de espírito livre à vida. Para Mariah, foi o título de seu álbum inovador de 1997, que fez a transição da música adulta contemporânea para o R&B e o hip hop, no qual mostrou uma maturidade criativa e evolução em suas composições.

Ela disse que o álbum “Butterfly” foi um ponto de virada em sua vida e carreira. Tanto é que o lançamento das coleções de joias, que aconteceu ontem (16), foi programado para coincidir com uma edição especial do 25º aniversário do disco.

Para Mariah, as duas coleções de joias refletem esse renascimento através do símbolo da borboleta. O emblema de leveza e de transformação é um símbolo de reinvenção de si mesmo, combinando elegância, delicadeza e poder simbólico.

Coleção Chopard X Mariah Carey

A interpretação de Scheufele e Carey da borboleta nesta coleção de alta joalheria tem o corpo e as asas do animal inteiramente em diamantes de diferentes tamanhos e formas, imprimindo uma aparência texturizada. Cada peça é centralizada com um diamante em forma de coração. Em torno do símbolo principal estão os diamantes redondos. O conjunto é composto por um colar, brincos assimétricos e um anel.

As peças são feitas com ouro branco 18k, eticamente certificado pela Fairmined. Os diamantes são de fornecedores aprovados pelo Responsible Jewellery Council, uma organização de padrões na indústria de relógios e joias.

Scheufele a chama de “uma borboleta com proporções majestosas e curvas sensuais, enquanto transmite uma mensagem ética”.

Happy Butterfly X Mariah Carey

A coleção de joias finas de anéis, pulseiras, colares de pingente e brincos é uma interpretação colorida e divertida da borboleta. As peças são feitas de ouro rosa ou branco (de origem ética), cobertas com diamantes em pedras ou cornalina.

A coleção preserva a identidade da coleção Happy Diamonds da Chopard, como um coração vazado transparente onde um diamante está aninhado entre dois cristais de safira. As quatro asas se desdobram de uma nova maneira, reinventando a simetria que muitas vezes limita os designs de joias de borboletas, disse Chopard. Isso se reflete na amplitude e movimento das peças. Mais uma vez, os materiais são provenientes de fornecedores certificados pelo Responsible Jewellery Council.

Em comunicado, a Chopard informou que a colaboração entre a marca e Mariah Carey começou em 2020: durante o Natal, a artista recebeu um livro da Chopard’s Red Carpet Collection, com as grandes joias apresentadas todos os anos no Festival de Cinema de Cannes. Segundo contam, Mariah foi conquistada pelas criações da grife e de seus valores éticos e entrou em contato com Scheufele. Juntas, elas criaram essa colaboração.

Com informações da Forbes.
Fotos: Divulgação

  • Compartilhe: