SAIU NA ADORO: Um capítulo à parte: Stands da Bahia Port chamaram a atenção na 16ª edição da Bahia Farm Show

Impossível não ficar de queixo caído ao lembrar da grandiosidade dos stands da maior feira de tecnologia agrícola do Norte e Nordeste, a Bahia Farm Show, que aconteceu entre os dias 31 de maio e 4 de junho deste ano, em Luís Eduardo Magalhães, na Bahia. Além do tamanho, a qualidade das estruturas montadas especialmente para o evento foi um dos diferenciais que mais chamaram a atenção de quem esteve por lá.

Essa edição teve a participação de 360 expositores, que de dentro dos seus stands venderam e mostraram o que sabem fazer de melhor ao público de mais de 100 mil pessoas que visitou o complexo. Ao menos 18 desses stands foram assinados pela Bahiaport Estruturas, empresa que atua no segmento há 22 anos. Para Ana Cristina de Oliveira, sócia-fundadora da marca, participar de um evento desse porte é sempre sinônimo de desafio: “Nós estamos presentes na feira desde o seu primeiro ano, quando ainda se chamava Agrishow. A edição de 2022, em especial, foi incrível, pois, depois de dois anos de pandemia, muitas expectativas foram criadas para esse evento e nós estamos super orgulhosos em poder ser parte do resultado que foi alcançado por todos.”

A empresa assinou espaços de grandes marcas, como: Toyota, Sanave, Hyundai, Casa da Ferramenta, Favoto, WP Agro Empresarial, Renault e Iveco, por exemplo, que apresentaram em seus stands infraestruturas compatíveis com lojas físicas, com showroom, ambiente para atendimentos, refeições e até mesmo para descanso, promovendo ao visitante oportunidade para relaxar um pouco entre as caminhadas pelo complexo.

Mas para toda essa produção dar certo foi preciso seguir à risca o planejamento, como explica Ana Cristina: “Chegamos a contabilizar dois meses nesse processo, que vai desde a definição até a montagem total do stand. Esse tempo sempre é variável e depende das exigências, da verba e da participação de cada cliente. Vale ressaltar que quanto maior o desafio, mais estimulados ficamos. A nossa meta é melhorar a cada stand entregue.”

Cristina conta que não há limite para essa entrega devido às inovações tecnológicas e tantos recursos que possibilitam a montagem mais criativa e luxuosa possível, mas é preciso pautar o projeto no orçamento de cada cliente: “Hoje podemos montar qualquer estrutura, desde a mais simples, à mais ousada e complicada. É que a cada ano novos processos são implementados que permitem a evolução na criação e montagem de stands. Mas precisamos respeitar o valor delimitado por cada cliente e deixar a imaginação rolar dentro dessa verba, entregando o melhor resultado possível para atender às necessidades deles.”

Segundo ela, o primeiro passo é montar o projeto e o orçamento, que passa por várias etapas com as alterações e modificações necessárias para enfim ser aprovado para a execução: “Em todo esse caminho envolvemos vários profissionais, a exemplo do projetista, o designer, o engenheiro responsável, a equipe de montagem de estrutura, eletricista e até decorador. O mais bacana é que a cada degrau firmamos novos laços, novas parcerias e, principalmente, ganhamos novos amigos.”

A EMPRESA

Ana Cristina trabalha hoje ao lado do filho, o também sócio e engenheiro, Miguel Moreira de Oliveira Júnior. Mas ela conta que foi o marido, Miguel Moreira de Oliveira, que a ajudou a fundar a Bahiaport Estruturas, há 22 anos. De acordo com a empresária, tudo começou quando ele percebeu a oportunidade de se aventurar no mundo dos stands: “Começamos meio que por acaso, foi até engraçado. Meu esposo tinha uma empresa em Jacobina, Bahia, de vidraçaria e metalúrgica, e um dia um cliente de uma Prefeitura ligou perguntando se nós alugávamos toldo. Meu marido, muito esperto e perspicaz, prontamente respondeu que sim, mas nós não tínhamos um toldo sequer! Foi quando começamos a corrida para encontrar o tal toldo para alugar. No início terceirizávamos, mas o sucesso foi tão grande, que em seguida começamos a fabricar os nossos próprios toldos.”

Depois disso veio a expansão, com filiais em Itabuna, Luís Eduardo Magalhães e Barreiras: “Hoje atendemos toda a região Oeste da Bahia e outras cidades do estado, sempre com excelência, qualidade e respeito ao cliente”, finaliza Cristina. A equipe cresceu e hoje conta com a responsável técnica, Poliana Vieira do Nascimento, o gerente de montagens, Adailton Castro, o coordenador de montagens, Wellington Novais, e Daniel Schwengber e Márcio José Rosa, como projetistas.

Ana Cristina, sócia-fundadora da marca, trabalha hoje ao lado do filho, o também sócio e engenheiro, Miguel Moreira de Oliveira Júnior (Foto: Divanildo Silva)

Fotos dos stands: Raphael Sangalli

  • Compartilhe: