Converse All Star se reinventa com nova versão de modelo criado em 1917

O clássico Chuck Taylor All Star – criado em 1917 – foi reinventado pela marca americana e ganhou novos detalhes pensados para os dias atuais. E essa é a segunda vez que o tênis recebe atualização: na década de 1970, foi desenvolvido o Chuck 70, que ganhou costuras reforçadas e sutis mudanças no desenho. Desta vez, o modelo (batizado Chuck 70 Plus) traz linhas assimétricas nas laterais.

Disponível no e-commerce da Converse e lojas selecionadas no mercado brasileiro desde a metade de agosto, o novo Chuck 70 Plus também pode ser reconhecido pelo patch em forma de estrela nas laterais, que agora têm efeito dividido, além da lingueta alongada. E até mesmo o material mudou, já que a lona dessa nova versão tem diferentes gramaturas para garantir aspecto mais futurista.

 

De acordo com o fabricante, o clássico tênis também recebeu novos elementos na construção para aumentar o conforto, como é o caso da entressola e da palmilha feitas de PU. Vale lembrar que, na versão original, o Converse All Star surgiu como opção para jogadores de basquete e se adaptou às quadras com mudanças pedidas por Chuck Taylor, atleta que se tornou embaixador da empresa.

Durante mais de cem anos de história, o modelo deixou de ser associado somente aos esportes e se tornou verdadeiro ícone fashion, principalmente após o movimento punk, no início dos anos 1970, que adotou tênis da Converse como símbolo. Desde 2003, quando a marca foi comprada pela Nike, passou a focar as criações e campanhas para consumidores “descolados”, artistas e até skatistas.

Informações da Exame.
Fotos: Divulgação

  • Compartilhe: