Conheça os 9 brunches mais sofisticados do Brasil

Depois de uma semana cansativa de trabalho, nada melhor do que aproveitar um final de semana de descanso para desacelerar e viver com calma. Nada resume tão bem esse sentimento quanto o brunch: mistura de café da manhã com almoço, normalmente servida aos domingos, a refeição reforçada – normalmente regada a espumante e drinks – é um ótimo programa.

Alguns restaurantes e hotéis oferecem brunches sofisticados, com menus fartos, ingredientes de alto nível e pratos requintados servidos em ambientes suntuosos – de hotéis icônicos a teatros.

Confira a seguir nossa sugestão dos 9 brunches mais especiais do Brasil:

Palácio Tangará (São Paulo – SP)

Em um dos cenários mais sofisticados de São Paulo –  onde mais parece que estamos fora da cidade, tamanha a privacidade e natureza ao redor -, é servido um dos brunches mais luxuosos da cidade. Visitantes desfrutam da área externa do hotel Tangará, com vista para o Parque Burle Marx, enquanto apreciam uma refeição que inclui opções como sushi crocante de salmão, tartar de bife ancho, camarão empanado no coco, filé Wellington, pavlova e mil folhas – e, claro, espumante, vinho e drinks.

Apenas aos domingos, das 13h às 16h, a R$ 420 por pessoa.

Copacabana Palace (Rio de Janeiro – RJ)

O icônico hotel carioca serve um brunch de frente para a piscina, no restaurante Pérgula. No estilo buffet à vontade, ele conta com estação de risotos, massas artesanais, queijos e frios, mais de 10 tipos de saladas, pratos quentes e sobremesas. Para acompanhar, estão inclusos o espumante do Copa e drinques como Mimosa, Aperol Spritz e Bloody Mary.

Apenas aos domingos, das 13h às 16h, a R$ 395 por pessoa.

Emiliano (São Paulo – SP)

Um dos brunches mais tradicionais (e antigos) da capital paulista, o banquete do hotel Emiliano é servido sempre aos finais de semana com comida, espumante e vinho à vontade. Do couvert às sobremesas, o menu é farto: tartar de salmão, croque monsieur, panquecas, carpaccio de angus, risoto de queijo taleggio com presunto serrano, parmegiana com purê de cará e mousse de cheesecake com geleia de jabuticaba são algumas das várias opções.

Aos sábados, domingos e feriados, das 12h às 16h, a R$ 305 por pessoa

Tivoli Mofarrej (São Paulo – SP)

Um dos hotéis mais luxuosos da cidade, com a suíte presidencial mais cara do Brasil, o Tivoli Mofarrej serve o brunch ao lado da sua piscina externa. O menu especial traz mais de 30 opções entre matinais, entradas, pratos principais e sobremesas. Ovos beneditinos, ceviche, lula à dorê, gravlax de salmão, polvo com batata à provençal e filé Wellington são algumas das opções no cardápio.

Aos domingos, das 13h às 16h, a R$ 340 (com espumante e vinhos branco e tinto à vontade) ou R$ 180 (com apenas um welcome drink) por pessoa.

Confeitaria DAMA (São Paulo – SP)

Eleita a melhor doceria de São Paulo pela Veja Comer e Beber por três anos consecutivos, a DAMA começou a servir recentemente brunch na sua loja principal, em Pinheiros. O melhor é que não é preciso esperar o final de semana: ele está disponível todos os dias. Seu caráter especial vem da qualidade artesanal do que é servido, desde pães frescos a doces com técnicas de pâtisserie francesa – como seu famoso mil folhas, na versão clássica e a salgada, com salmão. Mini éclairs de chocolate e creme, brioches mistos e mini croissants com pasta de alcachofra também estão inclusos. Para beber, os coquetéis premium engarrafados da APTK Spirits, do premiado mixologista Alê D’Agostino.

Todos os dias, das 9h às 15h, a R$ 270 para duas pessoas, com direito a um drinque para cada uma.

JW Marriott (São Paulo – SP)

Segunda unidade da marca de luxo JW Marriott no Brasil, o hotel paulistano foi recém-inaugurado com 258 quartos e suítes, restaurantes, spa e piscina. Como novidade, a partir de 11 de setembro, ele começará a servir um brunch com música ao vivo e espumante, bloody mary e gin tônica à vontade. O menu conta com ingredientes especiais, que resultam em pratos como a tartine de abacate e salmão defumado, ovo beneditinos tradicional e à fiorentina, pizza de mel de abelha nativa e trufa negra, arroz de frutos do mar, porchetta, tartelete de creme brùllée e uma seleção de gelatos.

Aos domingos, das 13h às 17h, a R$ 310 por pessoa.

Manga (Salvador – Bahia)

Em Salvador, o Manga tem um café da manhã bem farto. Das mãos dos chefs Dante e Katrin Bassi, o toque especial vem dos ingredientes frescos e de alta qualidade: praticamente tudo que é servido é feito no próprio restaurante, dos pães e doces (assados frescos na madrugada do domingo) aos embutidos – como pastrami, picanha de javali, salmão defumado e prosciutto de pato. A refeição tem um pé na Alemanha, a terra natal de Katrin, com clássicos germânicos como o pão zopf e o doce schneckennudel. Isso sem deixar de incluir especialidades regionais da Bahia, a exemplo do beijú, o mungunzá e o cuscuz de milho.

Aos domingos, das 8h30 às 12h, à la carte.

Canopy São Paulo Jardins (São Paulo – SP)

No restaurante Stella, no térreo do hotel Canopy, o chef David Kasparian serve um brunch de pratos autorais. Além de estação de cereais, frutas e iogurte, a refeição conta com uma bancada com pães e embutidos (como presunto de pato e copa) de fabricação própria, além de premiados queijos artesanais paulistas. Ovos, tapiocas e panquecas servem de entrada para os pratos principais mais elaborados, que mudam toda semana. A exemplo do que já foi servido, estão a polenta amarela com ragu de frutos do mar, moqueca de banana e sorvete de baunilha com melado de romã e crumble.

Aos domingos, das 12h às 17h, a R$ 260 (com espumante e cerveja à vontade) ou R$ 200 (sem bebidas alcoólicas) por pessoa

Theatro Municipal de São Paulo (SP)

No salão dourado do majestoso teatro, no centro da capital paulista, o Bar dos Arcos serve aos fins de semana um brunch à la carte – com a opção de uma visita guiada pelo subsolo do prédio. O menu inclui pratos típicos de café da manhã e almoço, mas com um toque especial. É o caso do queijo quente com cebola caramelizada, mussarela e queijo mandala; dos ovos à fiorentina, feito de ovo caipira mollet, creme de espinafre, castanha-de-caju e tostas de pão; ou da rabanada de brioche com creme inglês de puxuri e sorvete de chocolate. As opções de pratos principais vão desde peixe grelhado com molho de missô e maracujá a picadinho e baião de dois. Outro ponto alto são os drinks, de clássicos a autorais.

Aos sábados e domingos, das 10h às 16h, à la carte. Valor do passeio guiado junto do brunch pode variar de R$ 150 a R$ 195 por pessoa.

Com informações da Forbes.
Fotos: Reprodução

  • Compartilhe: