Igreja Católica autoriza beatificação de Padre Cícero

O Vaticano autorizou a abertura do processo de beatificação do Padre Cícero. O anúncio foi feito na Capela do Socorro, onde o corpo do Padre Cícero está sepultado:

“Recebemos a autorização para a abertura do processo de beatificação do padre Cícero Romão Batista.”

Os devotos receberam a notícia com festa. Agora, será preciso comprovar um milagre do Padre Cícero para que ele se torne beato. O pedido para a abertura do processo foi feito pelo bispo da região, em maio, diretamente para o Papa Francisco, no Vaticano:

“Esperamos que Vossa Santidade, na hora oportuna, examine, com o coração de pai e como sucessor de Pedro, este pedido ora formulado, cuja resposta é o anseio dos milhões de devotos do Padre Cícero”, afirmou Dom Magnus Henrique Lopes, bispo da Diocese do Crato/CE.

O processo também abre caminho para outro acontecimento muito aguardado pelos fiéis: o reconhecimento de Padre Cícero como santo. Para isso, será preciso, depois da beatificação, a comprovação de mais um milagre.

Mesmo sem o título oficial, Padre Cícero já é considerado santo por muitos devotos. Milhares de fiéis visitam Juazeiro do Norte durante todo o ano.

Do rompimento com a igreja à beatificação: quem foi padre Cícero Romão Batista
Padre Cícero nasceu na cidade do Crato em 24 de março de 1844 e fundou Juazeiro do Norte em 1911. Ele foi o primeiro prefeito do lugar, que começou com um vilarejo e hoje se transformou em uma das maiores cidades do Ceará.

O sacerdote ficou mundialmente conhecido como milagreiro, após uma hóstia se transformar em sangue na boca de uma fiel, mas o Vaticano não enxergou isso como um milagre e puniu o padre, que foi acusado de manipular a crença popular.

Ele morreu em 20 de julho de 1934, sem o perdão da igreja e impedido de exercer as funções sacerdotais. Só em 2015 houve a reconciliação, concedida pelo Papa Francisco.

88 anos da morte de Padre Cícero: fiéis lotam Largo da Capela do Socorro para celebrar data, em Juazeiro do Norte
Agora, os devotos não veem a hora do “padim” receber mais um reconhecimento.

Com informações do G1.
Foto: Estátua de Padre Cícero no Ceará

  • Compartilhe: