California Dreamin: conheça mais sobre esse destino dos sonhos palco de grandes festivais

Se existe um estado que define todos os aspectos do sonho americano, é a Califórnia. Esse é o endereço de centenas de artistas, berço da indústria cinematográfica e ainda um destino disputado por viajantes mundo afora. 

Mas erra quem pensa que o roteiro turístico se resume a conhecer os tradicionais atrativos, a exemplo das imensas mansões em Beverly Hills, Hollywood, Malibu ou o Vale do Silício. A região, que abriga quatro das vinte maiores cidades dos Estados Unidos, guarda um segredo que pouca gente sabe: é um caldeirão super rico quando o assunto é música, sendo palco de dezenas de festivais.

Somente entre os meses de junho e agosto de 2022 estão previstos mais de 15 festivais de todos os tipos, ritmos e públicos, como por exemplo, o Loving Life Festival, em Los Angeles; o Projectz Fest, em San Bernardino; e o Mosswood Meltdown, em Oakland. Mas, sem dúvidas, o mais famoso deles é o excêntrico Coachella Valley Music and Arts Festival, que acontece no meio de um deserto na fronteira com o México.

O evento, que é considerado objeto de desejo por pessoas do mundo inteiro, é também um sonho para muitos brasileiros. É o caso de Jessika Cavalcanti, que sempre teve vontade de conhecer o Festival, mas nunca tinha tido a oportunidade. A brasileira, formada em artes cênicas, está morando na cidade pela segunda vez para aperfeiçoar o inglês e tentar encontrar o seu lugar, quem sabe, no mundo artístico.

Desta vez, Jessika conseguiu ir ao Coachella do jeito mais inusitado possível, sem programar, e ainda sem gastar um dólar sequer: “Eu não estava preparada para ir, mas simplesmente aconteceu graças a duas amigas do Reino Unido! Elas são patrocinadas pela Revolve, uma marca de roupas que tem no Coachella uma área própria para influencers e patrocinadores. Eu acabei sendo incluída na lista de personalidades digitais e fui com tudo pago, até mesmo o meu figurino!  Além de ganhar roupas, óculos, sapatos e maquiagem, recebi $1000 dólares para gastar na loja da marca no hotel. Foi incrível, vi muita gente famosa, como Kendal, Jenner e Kim Kardashians, Post Malone, e até alguns atores de séries que eu amo. Foram momentos inesquecíveis!”

 

VIVENDO EM L.A.

Hoje, Jéssika vive em Los Angeles, que é considerada a segunda maior cidade americana e o centro da indústria de cinema e televisão do país. O clima do mediterrâneo e as praias banhadas pelo Pacífico completam o cenário povoado de pontos turísticos icônicos, como a Calçada da Fama e o Teatro Chinês. Por estar recheada de grandes estúdios cinematográficos e ser o endereço de várias celebridades, não é difícil andar pelas ruas e dar de cara com algum famoso, como conta a brasileira que se declara apaixonada pelo local:

Eu particularmente amo L.A.! Todos têm sonhos em comum, querem fazer parte do mundo das artes de alguma forma, como ator, modelo, produtor, dançarino ou músico. Mas seja lá qual for esse sonho, Los Angeles é a cidade das possibilidades. Aqui, você vai tomar um café e se senta na mesa ao lado do Al Pacino, está no meio do trânsito, olha pro lado e vê o Justin Bieber ou dá de cara com a gravação de um filme.” 

Em relação à comunidade brasileira, Jessika é enfática: “Os brasileiros estão por todas as partes, e aqui não dá nem tempo de sentir falta da comida porque tem bastante supermercado brasileiro.” Já em relação ao círculo de amigos, ela conta que prefere apostar nos americanos para ter a chance de treinar o inglês: “Eu tenho poucos amigos brasileiros porque minha prioridade aqui é o idioma e a minha carreira.”

Para quem vai à cidade a passeio ou à trabalho, Jéssika indica um roteiro indispensável: “Tem que visitar os pontos turísticos como Venice, Santa Monica, Beverly Hills, os parques da Universal Studios e Disney, e aproveitar o que a cidade oferece, desde ir à praia de Malibu a esquiar nas montanhas de Big Bear, que fica a uma hora de carro. Os parques nacionais aqui também são lindos e os lagos, um capítulo à parte, como o magnífico Lake Tahoe”, completa.

Se você também sonha em conhecer o Coachella, anote essas dicas de Jessika Cavalcanti:

Hospedagem e ingresso: É sempre importante preparar tudo com antecedência. A indicação é focar primeiro na estadia, já que os hotéis são muito disputados na época do festival. Os ingressos podem ser comprados antecipadamente pelo site ou na hora do evento. No caso do Coachella, recomendo se hospedar em Indio ou Palm Springs. 

Transporte: Outra dica importante é alugar um carro para dirigir de Los Angeles para o hotel, e até mesmo do hotel para o Festival, pois tem estacionamento. Mas por lá ainda existe a alternativa de ir em ônibus específicos. 

Roupa: Quando montar o look, opte por algo confortável e leve um casaco. Por ser um deserto, a temperatura é alta durante quase todo o dia, mas o frio chega forte ao cair da noite. 

Socialize: Fazer amizades, conversar com as pessoas e deixar o astral no alto é a dica mais importante. Para fazer valer a pena, é necessário aproveitar cada segundo da experiência. 

Fotos: Arquivo Pessoal

  • Compartilhe: